Publicidade

Estado de Minas

Corrida contra o tempo para entrar em forma no ano-novo


postado em 27/11/2008 18:33 / atualizado em 08/01/2010 04:00

Academias recebem muitos alunos que almejam melhorar físico no fim de ano(foto: Maria Tereza Correia/EM/DAPress)
Academias recebem muitos alunos que almejam melhorar físico no fim de ano (foto: Maria Tereza Correia/EM/DAPress)


Fim de ano chegando e, enquanto alguns contam nos dedos os dias para tirar uma folguinha e comemorar Natal e ano-novo com os familiares, outros preferem aproveitar o tempo que resta para entrar em forma e começar 2009 com a auto-estima lá em cima. Para a segunda turma, nada melhor que uma malhação pesada, mesmo que num curto espaço de tempo.

Nos últimos anos, o perfil da galera que pratica exercício físico em academias está em constante mudança. Ainda há aqueles que se dedicam o ano inteiro, os chamados “marombeiros” ou viciados em puxar ferro. Mas existem também os malhadores de fim de ano. Isso mesmo, para essa turma dois ou três meses, no máximo, são suficientes para pôr o corpo em forma. Principalmente pensando em festejar o ano-novo no belo e extenso litoral brasileiro.

A turma que gosta de pegar peso para esculpir o corpo em um curto período faz as academias lucrarem cada vez mais no fim de ano. O nível de freqüência aumenta consideravelmente. E o serviço para os professores praticamente dobra. Treinos específicos para ganho de massa muscular (no caso dos homens) ou para queima de calorias e emagrecimento (para as mulheres) são as exigências dos malhadores de última hora.

O professor Wellerson Carvalho de Almeida, atualmente cursando pós-graduação em cinesiologia e fisiologia do exercício, já se acostumou em preparar o físico do pessoal para as badalações do reveillón. “Tem gente que malha o ano todo, porém relaxa no fim, pensando em descansar para viajar. Outros fazem o contrário, deixam para freqüentar a academia faltando dois ou três meses para o ano acabar”, observou.

Ele disse que, apesar do pouco tempo, quem quiser malhar só para o fim de ano pode alcançar o objetivo de melhorar a silhueta para as festas de Natal e reveillón. Mas alerta para alguns cuidados a ser tomados. “Se a pessoa conseguir fazer um treinamento legal, sem uso de esteróides anabolizantes ou, no caso das mulheres, tomar alguma medicação para emagrecimento, dá para fazer uma boa preparação para o fim do ano”, frisou.

Entretanto, se o aluno-relâmpago estiver sem praticar exercício físico há um bom tempo, fica mais difícil atingir a meta em pouco tempo, conforme o professor Wellerson. “Se a pessoa está sedentária, fica mais difícil alcançar o objetivo em um curto espaço de tempo. Mas mesmo assim, dá para notar alguma diferença. No momento de passar o treino, é preciso adequar os exercícios à necessidade de cada um. O ideal, contudo, é a pessoa ter o ano todo para fazer uma boa preparação, intensificando o treino nessa época”, recomendou.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade