Publicidade

Estado de Minas Energia

Brasileiros viajam até o Peru com carro movido por azeite de dendê


postado em 21/08/2012 12:38 / atualizado em 21/08/2012 13:30

A caminhonete percorreu mais de 12 mil quilômetros movida a óleo de dendê(foto: Divulgação / UFBA)
A caminhonete percorreu mais de 12 mil quilômetros movida a óleo de dendê (foto: Divulgação / UFBA)
Herança da culinária africana, o óleo de palma, mais conhecido como óleo de dendê ou azeite de dendê, é popularmente usado em acarajés, moquecas e pratos típicos da Bahia. Mas pesquisadores da própria UFBA resolveram inovar. Eles viajaram até o Peru em duas caminhonete Ford Ranger, uma com diesel convencional e outra somente este inusitado combustível ou melhor, biocombustível. Com a viagem, o grupo pretendeu chamar a atenção para a necessidade da expansão dos biocombustíveis na matriz energética brasileira. Essa é uma iniciativa do Centro de Desenvolvimento do Produto da Ford com a Escola Politécnica da UFBA, em parceria com o Laboratório de Energia e Gás (LEN), o INCT - Energia e Ambiente e o Laboratório de Pesquisa em Química (LPQ). O projeto percorreu mais de 12 mil quilômetros, atravessando cinco estados brasileiros em 17 dias. Suportaram altitudes de quase cinco mil metros acima do nível do mar e temperaturas de até oito graus negativos, demonstrando toda a viabilidade do combustível renovável produzido pela UFBA. Os pesquisadores esperam que após esta bem-sucedida viagem, que ela sirva de incentivo para a produção deste tipo de energia renovável no Brasil.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade