Publicidade

Estado de Minas

Linkedin une profissionais a empresas

Desde 2003, rede é usada como uma ferramenta de trabalho


postado em 07/08/2018 10:09 / atualizado em 07/08/2018 13:26

Linkedin une profissionais a empresas(foto: Educa Mais Brasil)
Linkedin une profissionais a empresas (foto: Educa Mais Brasil)

O Linkedin é considerado uma das redes sociais mais famosas do mundo. Diferente de outras plataformas, o foco é manter relações corporativas e contatos de trabalho entre empresas e profissionais. Atualmente, a rede tem cerca de 562 milhões de usuários em 200 países e territórios.

A função é basicamente conectar recrutadores e candidatos que estão em busca de um emprego, inclusive a plataforma tem atraído muitos jovens que buscam a primeira oportunidade de trabalho. É o que destaca a psicóloga Rebeca Sertão que foi em busca do seu primeiro emprego. "É crucial deixar seu currículo atualizado, mas vale lembrar também a importância de cadastrar seu currículo no Linkedin. Afinal, essa ferramenta é como se fosse um currículo online. É por ali que muitas empresas têm recrutado seus funcionários", recomenta Rebeca, hoje empregada.


Nos setes meses de busca, a psicóloga considerou o linkedin uma vitrine importante. "Em qualquer oportunidade que tiver, faça sua "propaganda" da área em que quer atuar, com o que quer trabalhar, pois quando surgir uma vaga com essas características, já irão associar a mesma a você", indica, feliz por ter conseguido o sonhado primeiro emprego. 


Estrategista e formadora em Linkedin, a consultora Karla Martins ressalta a relevância desta rede social. "Com tantos profissionais conectados, sua maior vantagem é facilitar o contato entre as pessoas. Para os profissionais, serve como uma "vitrine" para expor as suas competências técnicas e soft skills, bem como para fazer networking. Já para os recrutadores, oferece a possibilidade de fazer buscas por profissionais de acordo com os requisitos solicitados pelas empresas", acrescenta. 


A profissional dá uma dica. Em primeiro lugar, estabelecer o objetivo que pode ser a busca de emprego, mudança de atividade profissional, captação de clientes, recrutamento ou, simplesmente, manter um bom posicionamento na rede. "Um perfil bem elaborado e alinhado ao objetivo aumenta a visibilidade do profissional e, consequentemente, as chances de obter alguma oportunidade", reitera. 


Além disso, a consultora aconselha que o perfil tenha uma foto atual e com boa resolução, um título que especifique as funções que poderá ocupar e um resumo que fale um pouco sobre o seu percurso e diferenciais. "É recomendado também detalhar as experiências profissionais não limitando-se a informar o cargo, empresa e período trabalhado, mas colocando também as atividades desempenhadas nas empresas por onde passou", conclui Karla.


O Educa Mais Brasil separou algumas dicas de como criar um perfil de sucesso no linkedin:
1. Começamos pela imagem. Perfis com foto são 14 vezes mais vistos. Quando se fala em imagem, não estamos falando de aparência física, mas a imagem que o seu currículo tem. Assim, é possível atrair ou repelir recrutadores. 


2. Escolha uma foto que passe imagem de profissionalismo. Muitos jovens caem no erro de postar fotos de viagens, paisagens, passeios, mas essas fotos só cabem em outras redes sociais. Afinal, vale lembrar que os interessados em achar um bom profissional levam, em média, apenas cinco segundos para construir uma impressão ao visualizar um perfil no Linkedin. Sabe por quê? A busca nessa rede é por contatos profissionais e informações pertinentes ao histórico profissional para possíveis oportunidades.


3. É preciso ter maturidade. O profissional deve ser claro e compartilhar informações como data de início e término da função, resumo das atividades de trabalho, empresas onde trabalhou, entre outros dados pertinentes. 


4. Deixe claro os cursos que frequentou. Cursos extracurriculares para quem acabou de se formar e não possui tanta experiência são ainda mais importantes. É válido também colocar experiência em trabalho voluntário. Mostrar dinamismo é importante e faz diferença para os recrutadores. 


5. Coloque seu perfil em mais de um idioma. O LinkedIn oferece a possibilidade de abrigar perfis em línguas diferentes dentro da mesma URL.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade