Publicidade

Estado de Minas

UnB ofertará disciplina felicidade no segundo semestre

Aulas serão ministradas na Faculdade do Gama (FGA), mas alunos de outros câmpus podem participar


postado em 26/07/2018 17:11 / atualizado em 26/07/2018 17:17


(foto: Ana Rayssa/Esp. CB/D.A Press )
(foto: Ana Rayssa/Esp. CB/D.A Press )

Preocupados com a qualidade de vida dos estudantes, um grupo de professores do câmpus Gama da Universidade de Brasília(UnB) decidiu ofertar a matéria Tópicos Especiais em Engenharia de Software - felicidade a partir do segundo semestre deste ano. Alunos de todos os câmpus poderão concorrer às 240 vagas, e não há pré-requisitos, embora a prioridade seja para alunos da Faculdade do Gama (FGA). Além disso, 40 vagas serão reservadas para quem faz algum acompanhamento psicológico na UnB.

A disciplina de quatro créditos tem como objetivo apresentar estratégias para que os estudantes lidem com problemas no dia a dia. O foco será o autoconhecimento, afeto, respeito às diferenças e solidariedade. A ideia é tentar entender como ser feliz no câmpus. O professor Wander Pereira será o responsável pelas aulas e as inscrições poderão ser feitas entre 20 e 23 de julho pelo site de matrículas ou através da coordenação da FGA.
 
A inspiração para a criação vem de fora. As universidades de Harvard e Yale, nos Estados Unidos, ofertam matérias semelhantes. Na UnB, os alunos participarão de atividades como diálogos, atividades individuais, em grupo e leituras. Ao longo do semestre, professores de outras disciplinas e profissionais de fora da universidade serão convidados a participar das aulas.
 
Cada aluno será avaliado por participação em sala e pela produção e apresentação de um produto final, que trate de alguma ação concreta de felicidade, que poderá ser feita em música, dança, teatro e outras.
 
A nova matéria faz parte de um grupo de ações da faculdade voltadas à saúde mental, que incluem o acolhimento aos calouros, eventos esportivos, festivais, apresentações artísticas e encontros pedagógicos. A UnB estuda a implementação de uma política institucional de saúde mental e qualidade de vida.



Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade