Publicidade

Estado de Minas

Ministro abre consulta pública para criação de Enem on-line


postado em 31/01/2015 09:30 / atualizado em 26/03/2015 11:57

Consulta pública foi anunciada pelo ministro da Educação, Cid Gomes(foto: (Elza Fiúza/Agência Brasil)
Consulta pública foi anunciada pelo ministro da Educação, Cid Gomes (foto: (Elza Fiúza/Agência Brasil)
Brasil – O ministro da Educação, Cid Gomes, disse ontem que colocará em consulta pública, nas próximas semanas, um novo modelo de realização do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), cujo formato estabeleceria a criação de um banco digital de questões, o que permitiria o agendamento on-line da prova. O exame, obrigatório para entrar em universidades federais, é aplicado, simultaneamente, em todo o país – no ano passado, teve 8,7 milhões de inscritos. Cid Gomes destacou que a consulta pública será um “pré-requisito para pensar em um Enem on-line, que é ter um grande banco de questões”.“Se tivermos, para cada uma das áreas, cerca de 8 mil perguntas, esse banco de dados pode ficar aberto ao público, tornando-se uma grande fonte de estudo”, acentuou o ministro.

O ministro disse que a proposta é que o aluno tenha acesso ao banco de dados para estudar e aprimorar os conhecimentos. Segundo ele, as questões da prova do Enem seriam sorteadas pelo sistema on-line. “Se a pessoa aprender, com base nesse banco de dados, de 8 mil questões, ótimo. Se ela for capaz de decorar as respostas, sem entender 8 mil quesitos, é um gênio e merece uma vaga nas melhores instituições de ensino”, assinalou. Para ele, outra vantagem é que as provas on-line seriam exclusivas, compostas por questões do banco, e não mais um único modelo como é atualmente. Cid Gomes disse que o novo modelo de prova do Enem inibiria denúncias de vazamento, como ocorreu na última edição, no Piauí. Sobre o caso, que foi investigado pela Polícia Federal, o ministro esclareceu que o tema da redação foi antecipado para cerca de 30 pessoas de um grupo de rede social privada em telefones celulares, minutos antes da prova.

NOVOS CURSOS O Ministério da Educação (MEC) reconheceu ontem, por meio de portaria, mais 335 cursos superiores. As vagas são em instituições públicas e privadas, presenciais e a distância. A lista completa pode ser consultada no Diário Oficial da União (DOU).

Trote violento em Sorocaba (SP)

Oito estudantes de medicina da Pontifícia Universidade Católica (PUC) de Sorocaba, interior de São Paulo, estão sendo ameaçadas após denunciarem violência à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Assembleia Legislativa do estado, que investiga os trotes em universidades paulistas. Eles foram chamados de “traidores” e “mentirosos” em mensagens enviadas a seus celulares. Segundo ele, os veteranos obrigaram os calouros a ingerir fezes, pimenta, alho e cebola e tomar bebidas alcoólicas. As ameaças estariam sendo feitas por grupo na rede Facebook com mais de 2 mil participantes. A PUC prometeu apurar as denúncias.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade