Publicidade

Estado de Minas

Goleiro Bruno e advogado serão ouvidos por deputados na terça-feira


postado em 27/06/2011 15:33 / atualizado em 27/06/2011 15:56

O goleiro Bruno Fernandes e seu advogado, Cláudio Dalledone Júnior, serão ouvidos na terça-feira pela Comissão de Direitos Humanos de Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) sobre as denúncias de tentativa de suborno para libertar o atleta da prisão. O requerimento para a audiência foi aprovado pelos deputados no último dia 22. Segundo Dalledone, Bruno já recebeu autorização do desembargador Doorgal Andrada e da juíza Marixa Rodrigues. O advogado de Luiz Henrique Romão, o Macarrão, também deve participar.

A denúncia partiu da dentista Ingrid Oliveira, namorada do goleiro. Em depoimento na ALMG, Ingrid disse que por R$ 1,5 milhão a juíza Maria José Starling, da comarca de Esmeraldas, e o advogado do ex-atleta do Flamengo, Robson Pinheiro, teriam “oferecido” a soltura do jogador, que cumpre pena na Penitenciária Nelson Hungria acusado da morte da ex-modelo Eliza Samudio.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade