Publicidade

Estado de Minas

Primo de Bruno tem mais um pedido de liberdade negado pela Justiça


postado em 04/05/2011 18:49

O primo do goleiro Bruno Fernandes, Sérgio Rosa Sales, preso sob acusação de ter participado do sumiço e morte de Eliza Samudio, teve mais uma vez sua liberdade negada pela Justiça. Nesta quarta-feira, a 4ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) negou outro pedido de habeas corpus em favor do acusado.

De acordo com o Tribunal de Justiça, a defesa de Sérgio pedia, além da concessão de aguardar julgamento em liberdade, que o processo fosse desmembrado. Na mesma ação constam como réus, além de Sérgio, o goleiro Bruno, o amigo dele Luiz Henrique Romão, o Macarrão, e o ex-policial civil Marcos Aparecido dos Santos. Para os advogados de Sérgio, a defesa de cada um dos acusados dificulta o andamento processual do caso.

Inicialmente o desmembramento do processo foi concedido. Porém, o relator da turma julgadora, desembargador Doorgal Andrada negou o pedido, entendendo que Sérgio não merece tratamento diferenciado em relação aos outros réus.

Em março, Sérgio teve outro pedido de habeas corpus negado pelo mesmo desembargador.

  • Tags
  • #
Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade