Publicidade

Estado de Minas

Justiça adia pedido de habeas corpus do primo do goleiro Bruno


postado em 23/02/2011 19:09

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) adiou, nesta quarta-feira, o julgamento do pedido de habeas corpus de Sérgio Rosa Sales, primo do goleiro Bruno Fernandes. Segundo o TJMG, o desembargador Doorgal Andrada, da 4ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, que iria julgar o pedido está de férias, por isso não teve julgamento.

O pedido de Sérgio, já foi negado em 16 de fevereiro. De acordo com o TJMG, o desembargador pediu vista do habeas corpus para poder avaliar melhor a decisão. Um novo julgamento deve acontecer na próxima semana.

Sérgio Rosa Sales, o goleiro Bruno Fernandes, Luiz Henrique Romão, o Macarrão, e Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, vão a júri popular pelo desaparecimento e morte de Eliza Samudio.

A Juíza Marixa pronunciou no final de 2010, Sérgio, Bruno e Macarrão, por homicídio triplamente qualificado, sequestro, cárcere privado e ocultação de cadáver. Já Marcos Aparecido vai a Júri popular pelos crimes de homicídio e ocultação de cadáver.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade