Publicidade

Estado de Minas

OAB instaura procedimento ético-disciplinar para apurar conduta de Quaresma


postado em 18/10/2010 18:03 / atualizado em 18/10/2010 18:41

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-MG) lamentou, por meio de nota, as atitudes tomadas pelo advogado do Goleiro Bruno, Ércio Quaresma, durante uma gravação feita pela namorada do jogador, a dentista Ingrid, e que foi exibida no domingo pelo Fantástico.

Na nota a OAB diz que, “lamenta a utilização de expressões grosseiras, que não são condizentes com o que se espera de um profissional da área humanística, especialmente de um advogado, que 'deve proceder de forma que o torne merecedor de respeito e que contribua para o prestígio da classe e da advocacia' (art. 31, caput, do Estatuto da Advocacia e da OAB)”.

Além disso, a OAB informou que à Comissão de Ética e Disciplina da entidade instaurou procedimento ético-disciplinar para apurar os fatos. As imagens também foram solicitadas na emissora. A Seccional Mineira da OAB esclarece que o procedimento ético-disciplinar corre em sigilo de acordo com a Lei Federal nº8906/94.

Visita a Bruno

A entidade aguarda a marcação de um horário, solicitado à Subsecretaria de Administração Prisional do Estado de Minas Gerais, para ouvir o goleiro Bruno. O objetivo da conversa é verificar denúncias feitas pelos familiares do goleiro, com relação a atuação do defensor Ércio Quaresma.

Parentes do jogador acusam o advogado de ameaçar a família, caso o goleiro desista de ser defendido por ele. Além desta acusação, a dentista Ingrid de Oliveira, de 24 anos, noiva de Bruno Fernandes afirmou que o goleiro foi orientado por Quaresma, a tentar suicídio, cortando os pulsos.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade