Publicidade

Estado de Minas

Perito confirma contato de defesa e já analisa o processo


postado em 17/08/2010 13:56 / atualizado em 17/08/2010 14:45

Ricardo Molina leu parte do processo do Caso Bruno e vai conversar com a defesa do goleiro(foto: Luis Tajes/CB. ID. Ed. Politica)
Ricardo Molina leu parte do processo do Caso Bruno e vai conversar com a defesa do goleiro (foto: Luis Tajes/CB. ID. Ed. Politica)

O perito Ricardo Molina confirmou na tarde desta terça-feira que conversou com o advogado do goleiro Bruno, Ércio Quaresma. Segundo o perito, Quaresma entregou o processo para análise porque tem dúvidas sobre algumas partes dos autos.

Ricardo Molina tem um laboratório especializado na realização de perícias em materiais de áudio, vídeo e documentos em geral. Ele afirmou que ainda não foi contratado pela defesa de Bruno e dos outros envolvidos no desparecimento e morte de Eliza Samudio. Molina passou um mês fora do país e disse que necessita de mais informações sobre o caso. Depois que teve acesso ao processo já leu parte do texto e acha que ainda precisa de mais alguns documentos que Quaresma não entregou a ele.

Segundo Molina, ainda não é possível definir que tipo de trabalho ele poderá realizar no Caso Bruno, podem ser feitas várias análises relacionadas a documentos, às provas apresentadas pela polícia sobre GPS ou à gravações usadas nas investigações. Ainda de acordo com o perito, a defesa deverá solicitar oficialmente que tipo de laudos deseja que o laboratório dele faça. O interesse de Molina em entrar neste caso ou em qualquer outro depende das possibilidades de perícia que o laboratório dele oferece. “Se eu puder responder tecnicamente eu faço, meu interesse é determinado pela possibilidade técnica. Se tem algum documento que eu possa auxiliar, ótimo, porque eu não trabalho com nada interpretativo, nem opinativo”, disse.

Na noite dessa segunda-feira o advogado Ércio Quaresma anunciou pelo Twitter que havia se encontrado com Molina e entregue a ele a documentação. O advogado comentou ainda sobre a competência do perito que vai analisar o processo do Caso Bruno e possivelmente participar com perícias paralelas.

Perfil

O perito Rircado Molina participou com perícas específicas em casos como Chacina de Vigário Geral, acidente com Mamonas Assassinas, Caso PC Farias, prisão de Fernandinho Beira Mar, Caso do cantor Belo, atentados do PCC em São Paulo, entre outros.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade