Publicidade

Estado de Minas

Adolescente ainda é aguardado no DI para acareação


postado em 27/07/2010 16:32 / atualizado em 27/07/2010 17:33

Mais de uma hora depois do horário marcado para começar a acareação no Departamento de Investigações, o menor de 17 anos ainda é aguardado no local. Informações do advogado Eliézer Almeida e do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) indicam um impasse sobre a participação do menor na ação para ficar frente a frente com Sérgio Rosa Sales.

O advogado do adolescente, informou, em entrevista, que o suspeito não vai comparecer à acareação. Almeida disse que, como advogado constituído do menor, não foi intimado a participar de nenhum processo que envolva o seu cliente e outro acusado do desaparecimento e morte de Eliza Samudio. Para ele, a decisão da Justiça, feita nessa segunda, deveria ter sido publicada em Diário Oficial, para que os trâmites processuais fossem cumpridos.

Eliézer Almeida ainda disse que se a polícia levasse o adolescente para o DI, seria uma ação truculenta que atropela os processos legais. Nesse caso, o advogado estaria disposto a pedir a anulação da acareação. Ele ainda relembrou outros atos que considera ilegais no inquérito, como o depoimento do adolescente, no Centro de Internação Provisória São Benedito, sem a presença de um responsável legal.

O TJMG, afirma que todos os despachos relativos à acareação foram feitas na noite de segunda, o que inclui a comunicação das partes sobre a autorização do encontro entre os suspeitos. Para o tribunal, a publicação em Diário Oficial seria apenas uma formalidade.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade