Publicidade

Estado de Minas

Passageiros são detidos por suspeita de terrorismo depois de ir ao banheiro


postado em 12/09/2011 18:05 / atualizado em 12/09/2011 18:12

Não foi uma boa ideia passar mal no avião no domingo, dia do décimo aniversário do 11 de Setembro: seis passageiros foram brevemente detidos nos Estados Unidos e até provocaram a decolagem de caças F-16 por permanecerem muito tempo dentro de banheiros.

Os passageiros interpelados por "comportamento suspeito" foram libertados sem serem seguidos, anunciou nesta segunda-feira o FBI (Polícia Federal Americana). Três homens a bordo de um voo de Los Angeles para Nova York despertaram a atenção da tripulação "após irem várias vezes seguidas ao banheiro", explicou o porta-voz do FBI de Nova York, Tim Flannelly.

A decisão então foi de enviar caças para escoltarem o avião. A mesma situação aconteceu em um voo entre Denver e Detroit: três passageiros - dois homens e uma mulher - foram vigiados devido às repetidas idas ao banheiro. Um deles, doente, utilizou o sanitário por muito tempo.

Também neste caso caças F-16 decolaram. Foi verificado que os passageiros não tinham feito nada de errado e o FBI até acabou com os rumores de que os dois homens haviam tido relações sexuais nos banheiros. O domingo foi marcado por muitas cerimônias pelo décimo ano dos atentados de 11 de setembro e a polícia se manteve atenta em razão da ameaça "credível", mas "não confirmada" de um atentado pela Al-Qaeda.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade