Publicidade

Estado de Minas

Americanos divididos sobre quem venceu a guerra ao terror

Boa parte da população acredita que não existe vencedores nesta guerra


postado em 09/09/2011 13:56 / atualizado em 09/09/2011 14:12

JOHANNES EISELE / AFP
JOHANNES EISELE / AFP


Os americanos estão divididos quanto aos vencedores da guerra contra o terrorismo: 46% acreditam que os Estados Unidos e seus aliados ganharam, enquanto 42% consideram que não foram eles nem os terroristas, segundo uma pesquisa realizada pelo Instituto Gallup e apresentada nesta sexta-feira. Cerca de 9% das pessoas entrevistadas acha que nesta guerra os terroristas saíram vitoriosos.

Estes dados são parecidos com os registrados em outubro de 2001 (42% contra 44% e 11%), um mês depois dos atentados de 11 de setembro e pouco depois da ocupação americana no Afeganistão, segundo o Gallup.

Os números escondem as disparidades da última década: 66% da população dos EUA acreditavam que, em março de 2002, seu país era o vencedor, enquanto esta porcentagem diminuiu para 33% no outono do mesmo ano para voltar a alcançar os 65% em abril de 2003, no momento da invasão do Iraque. Esta opinião ficou minoritária no verão de 2003 e atingiu o nível mais baixo (29%) em junho de 2007.

A porcentagem dos que pensam que os terroristas venceram (9%) é a mais baixa da década. Por outro lado, seis em cada dez americanos crêem que os terroristas encontrarão outros meios para realizar atentados nos Estados Unidos. Número próximo ao de 2002.

Essa pesquisa foi realizada por telefone no período de 11 a 14 de agosto com 1008 pessoas acima dos 18 anos de idade, e tem uma margem de erro de 4% para mais ou para menos.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade