Publicidade

Estado de Minas

Os principais momentos da luta dos EUA contra a Al-Qaeda

O fato, sem precedentes, desatou a guerra da maior potência do planeta contra a rede terrorista Al-Qaeda


postado em 08/09/2011 12:20 / atualizado em 09/09/2011 01:11

Os Estados Unidos se preparam para comemorar o décimo aniversário dos atentados de 11 de setembro de 2001, um fato sem precedentes que desatou a guerra da maior potência do planeta contra a rede terrorista Al-Qaeda.

A seguir, uma cronologia da luta dos Estados Unidos contra esta organização.

--2001--

- 11 de setembro: quatro aviões comerciais, que transportavam um total de 266 pessoas, foram desviados e usados como armas para praticar atentados espetaculares contra as torres gêmeas do World Trade Center, em Nova York, e o Pentágono, em Washington. O quarto avião caiu em um campo na Pensilvânia. Foi o atentado mais mortal da história, com um balanço de três mil mortos e desaparecidos.

- 17 de setembro: o presidente americano, George W. Bush, busca Osama bin Laden, líder da Al-Qaeda instalado no Afeganistão desde 1996, "vivo ou morto".

- 18 de setembro: o Congresso autoriza Bush a usar a força contra países, organizações ou indivíduos envolvidos nos ataques.

- 28 de setembro: as Nações Unidas aprovam por unanimidade a resolução 1373 contra "terroristas" e os países que os protegem.

- 7 de outubro: forças americanas e britânicas lançam uma ofensiva contra o regime dos talibãs no Afeganistão. É o primeiro dia dos bombardeios dos Estados Unidos em sua guerra contra o terrorismo. O regime talibã é deposto rapidamente.

- 26 de outubro: Bush assina a controversa "Lei Patriótica" antiterrorista que confere poderes ampliados às forças de segurança para "fazer frente a uma ameaça como nenhuma outra nação enfrentou". A lei foi renovada em maio de 2011 por mais quatro anos.

- 13 de novembro: Bush assina uma ordem que permite que os americanos suspeitos de terrorismo sejam julgados por um tribunal militar especial no lugar dos tribunais civis.

--2002--

- 11 de janeiro: voos americanos levam um primeiro grupo de prisioneiros capturados na guerra do Afeganistão a uma prisão de alta segurança na base naval de Guantánamo, na ilha de Cuba.

- 28 de março: o palestino Abu Zubeida, colaborador de Bin Laden e considerado o responsável pelo recrutamento e pelas operações externas da Al-Qaeda, é detido no Paquistão.

- 3 de novembro: um membro chave da Al-Qaeda no Iêmen, Ali Qaed Senyan Al-Harthim, é assassinado em um ataque com aviões não tripulados da CIA neste país.

--2003--

- 1º de março: o número três e suposto cérebro dos atentados do 11 de setembro, Khaled Sheikh Mohamed, é detido no Paquistão.

- 10 de setembro: a rede de TV Al Jazeera difunde um vídeo que mostra Osama bin Laden e o número dois da Al-Qaeda, Ayman Al Zawahiri, caminhando em uma região montanhosa.

--2004--

- 19 de março: Bin Laden e Al Zawahiri estão a salvo no Afeganistão e não no vizinho Paquistão, onde ocorre uma intensa caçada humana, diz um porta-voz talibã.

--2005--

- 2 de maio: o líbio Abu Faraj, considerado número três da Al-Qaeda e líder da rede no Paquistão, é detido no noroeste do país.

- 11 de agosto: o jordaniano de origem palestina Abu Qatada, suposto líder espiritual da Al-Qaeda na Europa, é detido no Reino Unido, pela segunda vez.

--2006--

- 7 de junho: o número um da Al-Qaeda no Iraque, o jordaniano Abu Musab al Zarqawi, morre em um ataque aéreo durante operação americana-iraquiana no norte de Bagdá.

--2008--

- 29 de janeiro: um míssil americano mata o comandante da Al-Qaeda no Afeganistão, Abu Laith al Libi, um dos principais assessores de Bin Laden, no noroeste do Paquistão.

- Agosto: os Estados Unidos intensificam sua campanha de aviões não tripulados contra militantes da Al-Qaeda e os insurgentes paquistaneses nas zonas tribais do Afeganistão.

--2009--

- 20 de janeiro: o presidente Barack Obama chega ao poder. Pede que se intensifiquem os ataques aéreos, o que reduziu consideravelmente a Al-Qaeda.

- 5 de agosto: o líder dos talibãs paquistaneses Baitullah Mehsud morre ao ser atingido por um míssil americano no cinturão tribal do Waziristão do Sul.

--2010--

- 1 de junho: a Al-Qaeda anuncia a morte de seu líder no Afeganistão, o egípcio Mustafah Abu al Yazid, considerado o número três da rede de Osama bin Laden.

--2011--

- 1º de maio: Obama anuncia que os Estados Unidos matou Bin Laden em uma operação de um comando em Abbottabad, cidade situada 50 km ao norte de Islamabad. O corpo do líder da Al-Qaeda foi lançado ao mar.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade