Publicidade

Estado de Minas Agricultura

Aumento na safra: produção de cana-de-açúcar bate recorde em Minas Gerais

Minas tem aumento na safra de cana-de-açúcar de 2,7% , sendo um novo recorde de de produção e é responsável por 11,4% da produção brasileira


01/06/2021 09:38

(foto: Pixabay )
(foto: Pixabay )

 
Minas Gerais registra 70,6 milhões de toneladas de cana-de-açúcar na safra 2020 – 2021. Esse volume representa um aumento de 2,7% em relação à safra 2019 – 2020 e é o novo recorde de produção. A área de colheita alcançou 854,2 mil hectares, com elevação de 4,1%. Ocupando a terceira posição nacional, Minas é responsável por 11,4% da produção brasileira

Esse é o melhor desempenho mineiro registrado desde o início da série histórica em 2005 – 2006, conforme divulgou a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).
 
De acordo com a assessora técnica da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa/MG) Creuma Viana, o cenário trazido pela pandemia alterou o destino do processamento industrial da cana-de-açúcar. Tradicionalmente a cana era encaminhada para a produção do etanol combustível. 

“Com a redução de veículos em circulação e a queda na demanda do combustível, a safra destinou 48,5% para a produção de açúcar contra 35,3% da safra anterior”, explica. Para o etanol (hidratado e anidro), a produção alcançou 3,1 bilhões de litros – uma redução de 14,5% em relação a 2020.
 
O setor agrícola vem driblando as adversidades e produzindo números expressivos. Esse também é o cenário fértil para criar oportunidades para o empreendedor rural investir em infraestrutura. Ele pode optar por adquirir itens básicos para a plantação, como perfurador de solo, colheitadeiras e tratores cuja oferta está favorável.
 
O mercado mineiro tem um vasto catálogo de ferramentas e maquinários. Essa condição permite ao agricultor escolher aquele que mais se adapta à produção, como diferentes modelos de arados ou tipos de pulverizadores. Essa modalidade de investimento ajuda a perenizar bons resultados, indiferentemente do tipo de cultura que o produtor escolhe.
 

Exportações

 
A demanda pelo açúcar se manteve aquecida. Em 2020, as exportações mineiras obtiveram um aumento de 60,9% no valor exportado, totalizando US$ 1 bilhão. Agora o volume embarcado atingiu o percentual de 61,2% em relação a 2019, chegando a 3,7 milhões de toneladas.
 

Safra 2021 – 2022

 
De acordo com a estimativa inicial da Conab, Minas deve superar em 1,1% a produção recorde atual e alcançar 71,4 milhões de toneladas na safra 2021 – 2022 de cana-de-açúcar. E a área colhida deve bater novo recorde: a expectativa é de 868,7 mil hectares. Cerca de 52,5% da produção deve ser destinada à fabricação de etanol e 47,5%, à produção de açúcar. 



receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade