Publicidade

Estado de Minas Investimento

Veja porque os imóveis de Belo Horizonte estão sendo tão valorizados

A capital mineira está entre as mais procuradas por quem deseja investir em imóveis


01/10/2020 12:14

(foto: Gladyston Rodrigues/EM )
(foto: Gladyston Rodrigues/EM )

 
Dos anos 2000 em diante, houve uma gigantesca valorização imobiliária no país como um todo. Alterações no mercado de crédito habitacional, aliadas a uma elevação da renda e uma redução dos juros, ampliou a demanda por imóveis, que se encontrava reprimida há um bom tempo. A cidade de Belo Horizonte não ficou imune a isso. De fato, ocorreu um aumento na demanda por apartamentos à venda em BH.

Mas além dessa conjuntura nacional, que impulsionou uma valorização no mercado imobiliário do país como um todo, que outros fatores fizeram com que os imóveis da capital mineira fossem valorizados? É o que será abordado adiante.

As causas da valorização imobiliária em Belo Horizonte


Além da já citada conjuntura nacional onde o mercado imobiliário em geral no país teve uma expressiva valorização, particularmente no caso da cidade mineira de Belo Horizonte também teve outros motivos.

De fato, esse gás “extra” no mercado de imóveis de BH se deu por conta do investimento estrangeiro. Segundo uma pesquisa realizada pela rede Netimóveis, uma das maiores redes de imobiliárias associadas de toda a América do Sul, o volume de buscas através dos classificados ou diretamente com as imobiliárias por apartamentos e casas aumentou cerca de 70% nos últimos três anos. E, para felicidade de Belo Horizonte, ela está em destaque entre as cidades mais procuradas.

Por conta da alta do dólar e a enorme expectativa de valorização dos imóveis na capital mineira, o ambiente se tornou mais propício para as pessoas que residem no estrangeiro, sobretudo nos Estados Unidos e despertou o interesse de muita gente que estava ávida por lucros.

Isso porque com o dólar alto, significa que o real está desvalorizado e os valores dos imóveis estão menores, o que é um verdadeiro incentivo para que as pessoas comprem imóveis em Belo Horizonte.

O cenário é tão propício para a comercialização de imóveis que corretores e imobiliárias brasileiras estão dialogando mais intensamente e começando a estabelecer mais parcerias. Uma das informações difundidas nesses diálogos é que o valor dos apartamentos subiu cerca de 5% e a área comercializada cresceu aproximadamente 20%, apontando que o poder de barganha do comprador alcançou o seu patamar máximo.

Em termos práticos, isso quer dizer que se pode adquirir uma área mais extensa, porém pagando um valor muito menor, sobretudo para quem recebe em dólar. Isso porque além de lograr negociar um ótimo preço, o investidor em questão tem um lucro ainda maior com a conversão da moeda. Isso explica o por quê de BH atrair tantos investimentos estrangeiros.

Um aspecto interessante para os investidores estrangeiros é que o mercado imobiliário brasileiro exibe um baixo risco jurídico, o que acaba sendo algo muito atrativo. O risco é bem mais baixo que o mercado de ações. Por esse motivo, quem é de fora muitas vezes vai dar preferência em investir no mercado imobiliário aqui no Brasil.

Um outro elemento que favoreceu ainda mais o investimento vindo do exterior foi uma resolução assinada no final do ano passado pelo Conselho Nacional de Imigração, que permite a residência no Brasil, por um período indeterminado, para imigrantes que adquirirem imóveis no país. Então se um imigrante vier para o Brasil e comprar um apartamento à venda em BH, por exemplo, seja esse imóvel já pronto ou ainda em fase de construção, com seus próprios recursos, poderá permanecer no Brasil pelo tempo que quiser.

As tendências para o mercado imobiliário em Belo Horizonte


Conforme citado anteriormente, uma das maiores tendências para o mercado de imóveis em BH é precisamente um intenso crescimento. Dado que a economia tem conseguido se recuperar da crise que nos assola desde 2014, as pessoas estão mais seguras e confiantes, com menos receio de investir e comprar imóveis.

As instituições financeiras e as construtoras tendem a ampliar o volume de negócios, simplificando a obtenção de crédito e proporcionando mais flexibilidade para os pagamentos. Para aqueles que estão à procura de um financiamento para adquirir a casa própria, as oportunidades estão cada vez mais atraentes.

A inflação caiu e a tendência, diante do cenário econômico, é que ela caia ainda mais. Por conta dessa queda, o público consumidor tem um poder ainda maior de compra, inclusive no tocante à construção civil.

Outra tendência observada no mercado imobiliário de Belo Horizonte é um volume maior das vendas de alto luxo. Pessoas detentoras de um poder aquisitivo mais elevado, que antes tinham medo de efetuar aquisições de grande porte voltaram a apostar na economia nacional e, por conseguinte, no mercado imobiliário.

De modo geral, o consumidor de alto poder aquisitivo dá uma maior prioridade para imóveis mais espaçosos ou então apartamentos que não somente possuem vários metros quadrados, mas que igualmente detenham tecnologias que simplifiquem as atividades do cotidiano e propiciem uma melhor qualidade de vida. Em outras palavras, é uma excelente chance para quem tem vontade de fazer investimentos em imóveis.

Outro nicho que conta com um futuro bastante promissor em termos de mercado de imóveis de luxo são os imóveis localizados em condomínios fechados, uma vez que eles são fruto de uma necessidade muito relevante, que é a demanda por uma maior segurança. 

Empreendimentos como condomínios fechados, que possuem câmeras de monitoramento, vigilância 24 horas, além de alarmes e toda uma sorte de aparatos de segurança, sem falar em um rigoroso controle da entrada ainda na portaria do local.

Outra tendência é a procura não apenas por casa, mas também por apartamentos compactos. Essa é uma realidade notada em toda grande cidade, como Belo Horizonte. Com o crescimento populacional e a redução do espaço urbano, a demanda por apartamentos compactos, mais práticos e com uma boa localização é cada vez maior. Vale lembrar que os apartamentos compactos são unidades que não passam muito dos trinta metros quadrados e são uma excelente pedida para jovens, casais e famílias pequenas.

Agora você sabe por que tem ocorrido uma valorização dos imóveis na cidade de Belo Horizonte. Curta e compartilhe esse post em suas redes sociais!

 

 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade