Publicidade

Estado de Minas

Provas do curso da Sedes DF será neste domingo com protocolo contra covid

As provas são para os cargos de técnico em assistência, na especialidade de agente social e cuidador social; e de assistência social, nas especialidades de educador social, direito e legislação, pedagogia, psicologia e serviço social


20/07/2020 13:35

Agendada para domingo (26), das 8h30 às 12h30, no Centro Universitário de Brasília (UniCeub), na Asa Norte, a prova para o curso de formação profissional dos aprovados no concurso público da Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes) será realizada em esquema diferenciado, conforme os protocolos de proteção contra o novo coronavírus.  Os detalhes serão divulgados pela comissão organizadora nesta quarta-feira (22).

Desde já, os candidatos devem estar atentos aos horários. A entrada será feita em cinco grupos. A primeira turma entra às 7h20, enquanto a segunda terá acesso a partir das 7h30. Na sequência, ingressam a terceira turma (7h40), a quarta (7h50) e a quinta (7h55). O portão será fechado, impreterivelmente, às 8h.

As provas são para os cargos de técnico em assistência, na especialidade de agente social e cuidador social; e de assistência social, nas especialidades de educador social, direito e legislação, pedagogia, psicologia e serviço social. 


Novos procedimentos

Devido à pandemia, além da divisão em turmas para a entrada nas salas, outros procedimentos serão obrigatórios. Confira, abaixo, as principais regras que devem ser cumpridas.

  • Turmas entrarão em horários diferentes, a serem divulgados na quarta-feira (22).

  • Todos passarão pelo procedimento de detecção de metais.

  • Logo ao entrar na sala, os candidatos terão a temperatura aferida. A depender da situação, a pessoa poderá ser encaminhada a um local onde fará a prova separadamente.

  • Será obrigatório o uso de máscaras de proteção e luvas descartáveis – itens que não poderão ser retirados durante a prova –, além de álcool gel.

  • A distância mínima de dois metros um do outro será obrigatória.

  • As salas estão programadas comportar no máximo 25 pessoas, com uso de 50% das carteiras.

  • A quem achar necessário, será liberado o uso de protetor facial transparente (estilo viseira), vestimentas descartáveis (macacão impermeável), óculos de proteção transparente, equipamento de proteção individual (EPI) e toalha de papel para higienizar a carteira com álcool gel, independentemente da higienização a ser feita pela comissão organizadora do concurso.




* Com informações da Sedes


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade