Publicidade

Estado de Minas

Aeronáutica suspende concurso com 180 vagas devido ao coronavírus

De acordo com portaria assinada pelo major brigadeiro Marcos Mrad, é importante reforçar os cuidados preventivos e diminuir os riscos de contágio do coronavírus


postado em 30/03/2020 14:44

(foto: Divulgação/FAB )
(foto: Divulgação/FAB )
Após suspender, temporariamente, uma série de concursos, seleções e convocações, a Aeronáutica também suspendeu o concurso com 180 vagas para o Exame de Admissão ao Curso Preparatório de Cadetes do Ar do ano de 2021. 

De acordo com portaria assinada pelo major brigadeiro Marcos Mrad, é importante reforçar os cuidados preventivos e diminuir os riscos de contágio e estabelecer as medidas para enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do coronavírus (COVID-19). 

A decisão se baseou na Portaria nº 358/GC3, de 17 de março de 2020, do Comando da Aeronáutica, que estabelece as medidas para enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do coronavírus (COVID-19) no âmbito do Comando da Aeronáutica. 

Também foi considerada a Portaria nº 30/GM-MD, de mesma data, do Ministério da Defesa, que estabelece medidas de proteção no âmbito do Ministério da Defesa e dos Comandos das Forças Singulares para enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do coronavírus (COVID-19).

Assim como a Portaria nº 188/GM/MS, de 3 de fevereiro de 2020, do Ministério da Saúde, que declara Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional (ESPIN), em decorrência da Infecção Humana pelo novo coronavírus (2019-nCoV) e a Declaração de Emergência em Saúde Pública de Importância Internacional pela Organização Mundial da Saúde em 30 de janeiro de 2020. 

O concurso oferece 160 são para candidatos do sexo masculino e 20 para o sexo feminino. Há também reservas a negros. O edital de abertura foi divulgado no Diário Oficial da União em 16 de março.

As inscrições seriam abertas de 3 a 21 de abril. 

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade