Publicidade

Estado de Minas

Saiba o que vai cair na prova do novo concurso Procuradoria-Geral do DF

O edital foi publicado nesta segunda-feira (20/12) e oferta 100 vagas para cargos de nível médio e superior


postado em 20/12/2019 12:12

(foto: ARTHUR MENESCAL/ESP. CB/D.A PRESS)
(foto: ARTHUR MENESCAL/ESP. CB/D.A PRESS)
O edital do concurso público da Procuradoria-Geral do Distrito Federal (PGDF) foi publicado nesta segunda-feira (20/12)! Estão sendo ofertadas 100 vagas de nível médio e superior superior. Sob a organização do Cebraspe, a seleção oferece remunerações variando entre R$ 4.720 e R$ 7.320, para jornada de trabalho de 40 horas semanais. Veja abaixo os principais pontos do edital: 

Provas objetivas


As provas objetivas para os cargos de analista jurídico serão aplicadas pela manhã na data provável de 22 de março de 2020, tendo duração de 4 horas e 30 minutos. Já para técnicos jurídicos, a avaliação também será realizada na mesma data, mas no turno da tarde, com duração de 3 horas e 30 minutos. Na data provável de 12 de março de 2020 será publicado no Diário Oficial do Distrito Federal e no site do Cebraspe o edital com a disponibilização dos locais e horários de realização das provas. 

As provas objetivas, de caráter eliminatório e classificatório, valerão 120,00 pontos e cada prova será constituída de itens para julgamento, que serão avaliados em CERTO ou ERRADO

A nota em cada item das provas objetivas, feita com base nas marcações da folha de respostas, será igual a: 50 ÷ (50 %u2010 n1) ponto (para a prova de conhecimentos básicos) e 70 ÷ (70 %u2010 n2) ponto (para a prova de conhecimentos específicos), caso a resposta do candidato esteja em concordância com o gabarito oficial definitivo das provas; 50 ÷ (50 %u2010 n1) ponto negativo (para a prova de conhecimentos básicos) e 70 ÷ (70 %u2010 n2) ponto negativo (para a prova de conhecimentos específicos), caso a resposta do candidato esteja em discordância com o gabarito oficial definitivo das provas; 0,00, caso não haja marcação ou haja marcação dupla (C e E), em que n1 e n2 representam, respectivamente, o número de itens da prova objetiva de conhecimentos básicos e o número de itens da prova objetiva de conhecimentos específicos anulados. 

a) obtiver nota inferior a 10,00 pontos na prova objetiva de conhecimentos básicos P1;
b) obtiver nota inferior a 21,00 pontos na prova objetiva de conhecimentos específicos P2;
c) obtiver nota inferior a 36,00 pontos no conjunto das provas objetivas.

Os gabaritos oficiais preliminares das provas objetivas serão divulgados, no site do Cebraspe, a partir das 19 horas da data provável de 24 de março de 2020.

Provas discursivas


A prova discursiva será realizada na mesma data das avaliações objetivas e valerá 40,00 pontos e consistirá da redação de texto dissertativo, de até 30 linhas, a respeito de temas relacionados a conhecimentos específicos de cada especialidade.

A prova discursiva será avaliada conforme os critérios a seguir:

a) a apresentação e a estrutura textuais e o desenvolvimento do tema totalizarão a nota relativa ao domínio
do conteúdo (NC), cuja pontuação máxima será limitada a 40,00 pontos;
b) a avaliação do domínio da modalidade escrita totalizará o número de erros (NE) do candidato,
considerando%u2010se aspectos de natureza gramatical, tais como grafia, morfossintaxe e propriedade vocabular;
c) será desconsiderado, para efeito de avaliação, qualquer fragmento de texto que for escrito fora do local
apropriado e(ou) que ultrapassar o número máximo de linhas estabelecido;
d) será calculada, então, a nota da prova discursiva (NPD) por meio da seguinte fórmula:
NPD = NC %u2010 8 × NE ÷ TL, em que TL corresponde ao número de linhas efetivamente escritas pelo candidato na
prova;
e) será eliminado do concurso público o candidato que obtiver NPD igual a 0,00.
f) Será aprovado na prova discursiva o candidato que obtiver NPD ≥ 20,00 pontos.


Conteúdos


As provas contarão com disciplinas de conhecimentos básicos, incluindo as disciplinas de língua portugesa, conhecimentos sobre o Distrito Federal e legislação. Os conhecimentos específicos para carda cargo será de:

Administração: administração geral, administração pública, administração orçamentária e financeira e orçamento público e legislação

Analista de sistemas: gestão e governança de tecnologia da informação, desenvolvimento de sistemas de computação, segurança de informação e fiscalização de contratos de tecnologia da informação

Analista de sistema: analista de sistema (suporte e infraestrutura) e fiscalização de contratos de tecnologia da informação

Arquivologia: arquivologia

Biblioteconomia: biblioteconomia

Contabilidade: contabilidade geral, contabilidade público, auditoria e perícia contábil

Direito e legislação: direito - administrativo, constitucional, ambiental, civil, processual civil, do trabalho, processual do trabalho, noções de direito penal e de processual penal, empresarial, financeiro, previdenciário, tributário e urbanístico

Estatística: estatística

Farmácia: farmácia 

Jornalismo: jornalismo

Psicologia: psicologia clínica e psicologia organizacional

Apoio administrativo: noções de - administração, administração financeira e orçamentária, arquivologia e recursos materiais

Eletricidade e comunicação: eleticidade e comunicação

Tecnologia da informação: tecnologia da informação


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade