Publicidade

Estado de Minas

Marinha publica edital de concurso com 900 vagas para aprendizes

O Aprendiz-Marinheiro perceberá bolsa-auxílio atinente à sua graduação, no valor total de R$ 1.108,53. Ao final das graduações o valor é de R$ 1.950


postado em 09/12/2019 11:23

(foto: Marinha/Divulgação)
(foto: Marinha/Divulgação)
Marinha do Brasil publicou o edital do concurso público com 900 vagas para admissão de aprendizes-marinheiros com ingresso em 2021, cujo processo será realizado em 2020. Confira o edital completo aqui.

Para se inscrever é necessário ser do sexo masculino, ter 18 anos completos e menos de 22 no primeiro dia do mês de janiero de 2021, não ser casado ou não ter união estável, assim permanecendo durante todo o período em que estiver sujeito aos regulamentos da Escola de aprendizes-marinheiros, ter concluído ou estar em fase de conclusão do 3º ano do ensino médio,  ter altura mínima de 1,54m e máxima de 2,00m.

As inscrições poderão ser realizadas via internet, por meio do site  www.ingressonamarinha.mar.mil.br. ou nas organizações militares da Marinha, no período de 20 de janeiro de 2020 a 3 de fevereiro de 2020. O valor da taxa de inscrição será de R$ 25.

Etapas

O concurso será composto de prova escrita, Verificação de Dados Biográficos,  Inspeção de Saúde, Teste de Aptidão Física para Ingresso ,  Avaliação Psicológica,  Verificação de Documentos, Procedimento de Heteroidentificação Complementar à Autodeclaração e Período de Adaptação.

A prova objetiva terá 50 questões de matemática, português, física, química e inglês. Os exames serão aplicados na primeira quinzena de abril de 2020. Confira o calendário completo aqui. 

As despesas relativas a transporte, estada e alimentação para a realização da prova escrita e EVC serão custeadas pelo próprio candidato, inclusive quando decorrentes de caso fortuito ainda que, por motivo de força maior, um ou mais eventos programados tenham que ser cancelados ou repetidos.

Os exames serão aplicados nas seguintes cidades:  Rio de Janeiro - RJ; Angra dos Reis - RJ; Nova Friburgo - RJ; São Pedro da Aldeia - RJ; Vila Velha - ES; Salvador - BA; Natal - RN; Olinda - PE; Fortaleza - CE; Belém - PA; Amapá - AP; Piauí - PI; Santarém - PA; São Luís - MA; Rio Grande - RS; Porto Alegre - RS; Paranaguá - PR; Florianópolis - SC; Ladário - MS; Brasília - DF; Santos - SP; São Paulo - SP e Manaus - AM.

Curso de formação

O curso de formação de marinheiros para a ativa será conduzido nas Escolas de Aprendizes-Marinheiros, sob regime de internato, inteiramente gratuito e tem duração de um ano letivo. Será realizado em um único período escolar de 48h semanais, no qual serão ministradas disciplinas de ensino médio e do ensino militar-naval.

Durante o curso, alémm de serem proporcionados alimentação, uniforme, assistência médico-odontológica, psicológica, social e religiosa, o Aprendiz-Marinheiro perceberá bolsa-auxílio atinente à sua graduação, no valor total de R$ 1.108,53, sendo R$ 981,00 correspondentes ao soldo militar e R$ 127,53 correspondentes ao adicional militar, como previsto na Lei de Remuneração dos Militares. 

Atualmente existem quatro escolas: Escola de Aprendizes-Marinheiros do Ceará (EAMCE), em Fortaleza; Escola de AprendizesMarinheiros de Pernambuco (EAMPE), em Recife; Escola de Aprendizes-Marinheiros do Espírito Santo (EAMES), em Vila Velha, e Escola de Aprendizes-Marinheiros de Santa Catarina (EAMSC), em Florianópolis. 

O curso será estruturado em duas fases. A primeira, no grau hierárquico de Aprendiz-Marinheiro (AM), destinada à formação militar-naval, e a segunda, no grau hierárquico de Grumete (GR), destinada prioritariamente à especialização técnica, sendo denominada Especialização Inicial Continuada (EIC), em três áreas assim estabelecidas: Eletroeletrônica, Apoio ou Mecânica. Como GR o aluno perceberá bolsa-auxílio atinente a sua graduação, sendo um valor total bruto de R$ 1.179,72, sendo R$ 1.044,00 correspondentes ao soldo militar e R$ 135,72 correspondentes ao adicional militar. 

Ao concluir o Curso com aproveitamento, o GR prestará juramento à Bandeira, assumindo compromisso de tempo de serviço , por um período de dois anos, contados a partir do dia imediato ao do término do curso.

Após a conclusão do curso, o GR será promovido à graduação de Marinheiro (MN) e, para atender às necessidades dos Setores de Distribuição de Pessoal da Marinha do Brasil, poderá ser designado para servir a bordo de Navio ou Organização Militar (OM) da MB, em todo o território nacional, onde cumprirá um Estágio Inicial (EI) destinado à avaliação do desempenho ao longo do primeiro ano da graduação. 

Após a promoção à graduação de marinheiro, o militar perceberá remuneração bruta de R$  1.950, sendo R$ 1.560,00 correspondente ao soldo militar, R$ 202,80 correspondente ao adicional militar e R$ 187,20 correspondente ao adicional habilitação, conforme previsto na Lei de Remuneração dos Militares. 


Publicidade