Publicidade

Estado de Minas

Paulo Guedes autoriza nomeação de 100 auditores fiscais para o Mapa

Se depender dos novos acordos internacionais para exportação de carne bovina brasileira, os novos servidores vão ter muito trabalho pela frente


postado em 21/11/2019 10:35

(foto: Sergio Lima/AFP )
(foto: Sergio Lima/AFP )
O ministro da Economia, Paulo Guedes, autorizou a nomeação de 100 aprovados do último concurso público lançado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). O cargo contemplado é o de auditor fiscal agropecuário – médico veterinário, que vão atuar na fiscalização de frigoríficos. 

A seleção foi realizada em 2017 e ofereceu 300 vagas imediatas, sendo 60 reservadas a negros e 15 para pessoas com deficiência. O cargo em questão é o de auditor fiscal federal agropecuário da área de medicina veterinária. O salário inicial é de R$ 14.584,71, para 40 horas de trabalho semanal. 

A Escola de Administração Fazendária (Esaf) foi a banca organizadora da seleção. 

Para participar foi necessário ter diploma de conclusão de curso de nível superior em medicina veterinária fornecido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação e registro ativo nos Conselhos Regionais de Medicina Veterinária (CRMV ou CFMV).

Os candidatos foram submetidos a prova objetiva de conhecimentos específicos e análise de títulos e experiência profissional. 

Provimento para já 

O provimento dos cargos podem ser feitos a partir de novembro de 2019, não podendo ocorrer após 31 de dezembro de 2019, e está condicionado: 

à existência de vagas na data da nomeação dos candidatos; e

à declaração do respectivo ordenador de despesa sobre a adequação orçamentária e financeira das novas despesas com a Lei Orçamentária Anual e sua compatibilidade com a Lei de Diretrizes Orçamentárias, demonstrando a origem dos recursos a serem utilizados.

Segundo a portaria de número 605, divulgada no Diário Oficial da União (DOU), desta quinta-feira (21/11), a responsabilidade pela verificação prévia das condições para a nomeação dos candidatos aprovados no concurso público será do Secretário-Executivo do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, a quem caberá editar as respectivas normas, mediante a publicação de editais, portarias ou outros atos administrativos necessários. 


Mercado brasileiro da carne em expansão 

Os novos servidores vão ter muito trabalho pela frente. Atualmente, o aumento da demanda da China pela carne brasileira provocou um aumento de mais de 20%, nos últimos meses, nos preços de alguns cortes, como filé-mignon. 

O motivo do crescimento das compras da China é a peste suína africana, que reduziu os plantéis dos criadores daquele país. Segundo a agência de alimentos da Organização das Nações Unidas (ONU), a queda na produção foi de, ao menos, 20% neste ano. Com isso, a exportação de carnes do Brasil para a China teve um crescimento de cerca de 40%, segundo a Associação Brasileira de Proteína Animal (Abpa). 

Na Arábia Saudita, a autoridade sanitária habilitou oito frigoríficos do Brasil para exportação de carne bovina e subprodutos ao país árabe, informou em 11 de novembro o Ministério da Agricultura. 

Já nos Estados Unidos, a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, deixou Washington nesta quarta-feira (20/11) sem uma definição por parte dos Estados Unidos sobre a reabertura do mercado americano para a importação de carne bovina fresca do Brasil. O pleito foi tema da reunião da ministra com o secretário de Agricultura dos EUA, Sonny Perdue. 

Ao deixar o encontro, a ministra afirmou que os americanos dirão "em breve" se as informações prestadas pelo governo brasileiro são suficientes para retomar as importações de carne bovina in natura ou se os EUA enviarão uma nova missão ao País para avaliar as condições sanitárias. Os americanos, segundo ela, não se comprometeram com prazos. 


* Com informações da Agência Estado 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade