Publicidade

Estado de Minas

FHGV prorroga período de inscrição de seleção que oferta 90 vagas

Estão sendo ofertadas vagas para candidatos que possuem nível médio e a lotação será para a cidade de Porto Alegre


postado em 15/10/2019 12:35

Fundação Hospitalar Getúlio Vargas (FHGV)(foto: Divulgação/Prefeitura de Sapucaia do Sul)
Fundação Hospitalar Getúlio Vargas (FHGV) (foto: Divulgação/Prefeitura de Sapucaia do Sul)
Foram prorrogadas as inscrições dos processos seletivos simplificados da Fundação Hospitalar Getúlio Vargas (FHGV). Agora os interessados poderão se inscrever até as 23h59 de 18 de novembro, pelo site www.ibrasp.selecao.net.br. As taxas de inscrição são de R$ 60 e poderão solicitar isenção candidatos com deficiência, inscritos no CadÚnico ou doadores de medula óssea. 

Ao todo, estão sendo ofertadas 90 vagas para contrato imediato, e formação de cadastro reserva, para os cargos de operador de radiocomunicação, supervisor técnico, técnico administrativo, técnico auxiliar de regulação médica e técnico de monitoramento.

Para os candidatos com deficiência ficam reservadas 10% do total de vagas existentes e das que vierem a existir, por cargo, dentro do prazo de validade do concurso público. Para candidatos negros ficam reservadas 20% das vagas, no mesmo critério.

Após aprovados, os candidatos exercerão jornadas de trabalho de 180 e 220 horas mensais, para receber remunerações de R$ 1.587,55 a R$ 2.210,44. As lotações serão na cidade de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. 

Os candidatos serão avaliados por prova objetiva que está prevista para 15 de dezembro e conta com disciplinas de língua portuguesa, legislação - SUS e conhecimentos específicos de cada cargo. 

As seleções terão validade de um ano, contados a partir da data da publicação da homologação da classificação final, podendo ser prorrogado uma única vez, por igual período, a depender do órgão.

Requisitos dos cargos

Operador de radiocomunicação: nível médio completo, conhecimento em informática e sistemas de radiocomunicação, além da experiência mínima de seis meses na função; 

Supervisor técnico: nível médio completo, conhecimento em informática e sistemas de radiocomunicação, além da experiência mínima de seis meses na função de atuação em serviço de atendimento móvel de urgência; 

Técnico administrativo: nível médio completo, conhecimento em informática e experiência mínima de seis meses na função; 

Técnico auxiliar de regulamento médica: nível médio completo, conhecimento em informática e experiência mínima de seis meses na função; 

Técnico de monitoramento: nível médio completo, conhecimento em informática e experiência mínima de seis meses na função. 



* Estagiária sob a supervisão de Lorena Pacheco 


Publicidade