Publicidade

Estado de Minas

Marinha lança seleção pública ofertando 30 vagas para aquaviários

Os interessados devem se atentar ao curto prazo de inscrições, que devem ser realizadas presencialmente


postado em 10/10/2019 12:10

(foto: Divulgação/Marinha do Brasil)
(foto: Divulgação/Marinha do Brasil)
Um novo processo seletivo foi aberto pela Capitania Fluvial da Amazônia Ocidental (CFAOC), da Marinha do Brasil, visando admissão ao Curso de Adaptação para aquaviários. Estão sendo ofertadas 30 vagas e os aprovados serão lotados em Manaus/AM. 
 
As oportunidades são para os cargos de cozinheiro, taifeiro, enfermeiro e auxiliar de saúde. Os interessados devem se atentar ao curto prazo de inscrições que devem ser realizadas a partir desta quinta-feira (10/10) até 17 de outubro. As inscrições devem ser realizadas presencialmente das 8h15 às 11h, No Centro Técnico de Formação de Fluviários da Amazônia Ocidental. 

É preciso apresentar identidade, CPF, certificado de escolaridade, comprovante de residência e atestado de saúde ocupacional. A taxa de inscrição a ser paga é no valor de R$ 8. Os candidatos serão avaliados por provas objetivas (exame de conhecimento), teste de suficiência física, apresentação no curso e matrícula. 

O Curso será gratuito e será oferecido material de ensino, sendo aplicado de segunda a sexta-feira, das 08h às 16h, a duração de 27 dias úteis de aulas teóricas e práticas no Centro Técnico de Formação de Fluviários da Amazônia Ocidental (CTFFAO). 

Requisitos

Dentre os requisitos básicos para participar é preciso ser brasileiro, com idade mínima de 18 anos, não ter sido reprovado no Curso há menos de dois anos, não ter sido licenciado ou excluído, a bem da disciplina, do serviço ativo nas Forças Armadas ou Forças Auxiliares e não ser militar reformado por invalidez definitiva ou civil aposentado por invalidez permanente.

Confira abaixo os requisitos específicos: 

Cozinheiro: possuir ensino fundamental completo e, no mínimo, curso de capacitação de cozinheiro, com carga horária mínima de 160 horas;

Taifeiro: possuir ensino fundamental completo e, no mínimo, curso de capacitação de garçom/taifeiro, com carga horária mínima de 160 horas;

Enfermeiro: ser enfermeiro ou técnico em enfermagem, além de possuir diploma ou certificado expedido de acordo com a legislação vigente e registrado pelo órgão competente;

Auxiliar: ser auxiliar de enfermagem e possuir certificado conferido por instituição de ensino, nos termos da legislação vigente e registrado pelo órgão competente. 


* Estagiária sob a supervisão de Lorena Pacheco 


Publicidade