Publicidade

Estado de Minas

SEDESTMIDH divulga resultado da prova discursiva e convoca para próximas fases

As próximas fases do concurso serão: avaliação psicológica, sindicância de vida pregressa e investigação social e perícia médica


postado em 05/09/2019 12:14

O resultado da prova e a convocação foram para o cargo de assistência social em diversas especialidades(foto: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)
O resultado da prova e a convocação foram para o cargo de assistência social em diversas especialidades (foto: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)
A Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (SEDESTMIDH) publicou, nesta quinta-feira (5/9), o resultado definitivo da prova discursiva dos candidatos ao concurso público para o cargo de assistência social, nas especialidades de educador social, direito e legislação, pedagogia, psicologia e serviço social.
 
Também foi divulgado o resultado definitivo da prova discursiva dos cargos de administração, ciências contábeis, comunicação social, economia, estatística e nutrição. 

Os resultados podem ser conferidos no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF), a partir da página 68, na seguinte ordem: número de inscrição, nome do candidato em ordem alfabética, nota definitiva na prova discursiva e classificação definitiva.

Para todos os cargos ainda foi publicada a convocação para avaliação psicológica, sindicância de vida pregressa e investigação social e perícia médica. Assim, as avaliações psicológicas serão realizadas em 15 de setembro, domingo, das 14h às 18h, em local que será informado na página eletrônica do Ibrae, banca organizadora do certame. 

Documentação

A sindicância e investigação ocorrerão em 3 de outubro e é necessário que os candidatos entreguem os documentos no SGAN, Q. 609, Módulo A, Asa Norte, Edifício Brasília, Brasília, DF, CEP 70830-401.
  • Certidão de nascimento
  • Documento de identidade ou CNH, com validade em todo o território nacional
  • CPF
  • Certificado de Reservista de 1.ª ou 2.ª categoria, ou do certificado de dispensa de incorporação (CDI) do candidato do sexo masculino
  • Título de Eleitor
  • Certidão de Quitação Eleitoral
  • Certidão de Crimes Eleitorais
  • Certidão de Crimes Militares
  • Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) ou de declaração pública ou privada que comprove a última e (ou) a atual atividade profissional, incluindo o endereço e o telefone do expedidor
  • Comprovante da residência atual do candidato
  • Certidões dos ofícios de distribuição da (s) cidade (s) na (s) qual (is) o candidato tenha residido nos últimos cinco anos
  • Certidão de antecedentes criminais
  • Certidões cíveis e criminais 
  • Declarações de ajuste anual em nome do candidato (Declaração de Imposto de Renda), entregues à Receita Federal nos últimos cinco anos
  • Duas fotografias 3x4 

Concurso

De acordo com o órgão, ao todo, são 53.748 inscritos, sendo 27.297 candidatos concorrendo aos cargos de nível médio e 26.451 para as vagas de nível superior. São quatro editais ofertando 1.884 vagas para cargos de nível médio e superior. Dessas vagas 314 são para contrato imediato e 1.570 para formação de cadastro reserva. Os aprovados exercerão jornadas de trabalho de 30 horas semanais para receberem remunerações variando entre R$ R$ 2.600 e R$ 3.599,70. 

Os candidatos de nível superior podem optar entre os cargos de especialista em assistência social, nas especialidades de educador social, direito e legislação, pedagogia, psicologia, serviço social, administração, ciências contábeis, comunicação social, economia, estatística e nutrição. Para nível médio serão ofertadas vagas para técnico administrativo, agente social e cuidador social.


* Estagiária sob a supervisão de Lorena Pacheco 


Publicidade