Publicidade

Estado de Minas

Ibaneis autoriza concurso público com 1.800 vagas para a PCDF

A autorização foi feita em solenidade que deu posse a 83 peritos criminais, aprovados em concurso de 2016. Ibaneis assinou ainda a convocação de 100 oficiais e 750 praças da PMDF para curso de formação


postado em 05/09/2019 11:51

(foto: Daniel Ferreira/CB/D.A Press)
(foto: Daniel Ferreira/CB/D.A Press)
O governador Ibaneis Rocha (MDB) assinou, nesta quinta-feira (5/9) a autorização para um novo concurso da Polícia Civil do DF. Serão abertas 600 vagas imediatas para agente da corporação e 1,2 mil para cadastro de reserva.

A autorização foi feita em solenidade que deu posse a 83 peritos criminais, aprovados em concurso de 2016. Ibaneis assinou ainda a convocação de 100 oficiais e 750 praças da PMDF para curso de formação.

O governador anunciou ainda que será construída uma nova delegacia para atender Ceilândia e Taguatinga, além da reforma do IML. Também foram entregues pelo governador 122 viaturas para uso da Polícia Civil nas delegacias especializadas e circunscricionais. 

Secretário de Segurança

Durante o discurso, Ibaneis comentou os rumores de que o secretário de segurança, Anderson Torres, ocupe a direção da Polícia Federal. "Espero que continue meu secretário de segurança, apesar das investidas dos jornais."

Em entrevista à Folha de S.Paulo, o presidente Jair Bolsonaro defendeu mudanças na Polícia Federal e não descartou nomear Anderson, que é delegado, para a direção-geral. Não houve um convite oficial, mas ele já esteve cotado algumas vezes. É amigo dos filhos, 01 e 03, Flávio e Eduardo Bolsonaro, do presidente e manteve durante anos uma boa relação com o próprio Jair Bolsonaro, quando exercia a função de chefe de gabinete do deputado Fernando Francischini, hoje deputado estadual pelo PSL no Paraná.


Publicidade