Publicidade

Estado de Minas

DPE/AM contrata banca organizadora do concurso para analista e assistente

Ainda não há previsão para publicação do edital


postado em 02/09/2019 13:30

(foto: Divulgação/Facebook DPE/AM)
(foto: Divulgação/Facebook DPE/AM)
A banca organizadora que será responsável pelo novo concurso público da Defensoria Pública do Amazonas (DPE/AM) foi contratada! A Fundação Carlos Chagas será a responsável pela organização e realização do certame que visa provimento de cargos para preenchimento do quadro de servidores auxiliares da Defensoria. 
 
O número de vagas ainda não foi definido, mas os candidatos poderão optar entre os cargos de analista jurídico de defensoria e assistente técnico de defensoria. Para os candidatos com deficiência ficarão reservadas 10% do total de vagas existentes e das que vierem a existir, por cargo, dentro do prazo de validade deste concurso público.

Para concorrer ao cargo de assistente é preciso possuir nível médio completo. Já para analista é necessário curso superior em direito ou ciências jurídicas e Registro Profissional no órgão de classe competente. De acordo com o regulamento do concurso, quando aprovados os candidatos poderão optar para serem lotados nos municípios de Coari, Manacapuru, São Gabriel de Cachoeira, Maués e Lábrea. 

A seleção para todos os cargos será constituída de provas escritas, eminentemente com questões objetivas e de múltipla escolha, de caráter eliminatório e classificatório. Para analista também haverá provas escritas, preferencialmente com estudos de casos, de caráter eliminatório e classificatório.

Último concurso

Em 2017 a DPE/AM realizou o último concurso público, ofertando 30 vagas e remunerações variando de R$ 3.400 a R$ 6.000. Para nível médio as chances foram para assistente técnico de defensoria nas áreas de administrativo, agrimensura, assistente técnico de suporte e programador. 

Já os profissionais de nível superior concorreram ao cargo de analista nas especialidades de ciências jurídicas, psicologia, serviço social, administração, biblioteconomia, ciências contábeis, engenharia civil, analista de sistema e analista de banco de dados. 

A seleção foi realizada por prova objetiva para todos os cargos. Para nível superior também houve prova discursiva. As lotações foram para as cidades de Manaus, Humaitá, Itacoatiara, Paritins, Tabatinga e Tefé. A Fundação Cargos Chagas também foi a banca organizadora. 


Publicidade