Publicidade

Estado de Minas

Ibram divulga resultado preliminar de teste físico e de habilidades

O Brasília Ambiental oferece, ao todo, 100 vagas para chefe de brigada, chefe de esquadrão e brigadista de combate a incêndios florestais, com atuação por um período de até seis meses.


postado em 22/08/2019 10:39

(foto: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)
(foto: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)
O Instituto do Meio Ambiente e dos recursos hídricos do Distrito Federal - Brasília Ambiental ( Ibram) publicou, no Diário Oficial desta quinta-feira (22/8), o resultado preliminar do Teste de Aptidão Física (TAF) e do Teste de Habilidade de Uso de Ferramentas Agrícolas (THUFA), segunda etapa do processo seletivo simplificado para a contratação de brigadistas florestais. Confira aqui a lista dos selecionados.

Agora, o candidato tem dois dias, a partir desta data, para interpor recurso. De acordo com o edital, é necessário enviar de forma separada os recursos, caso haja mais de uma questão da qual deseje recorrer.  O requerimento deverá ser justificado, explicitando claramente os pontos que venham a ser considerados como fundamentação do recurso.

Não serão recebidos os pedidos de recurso apresentados fora do prazo e de contexto ou encaminhados de forma diferente da estipulada no edital normativo.

O resultado do recurso será informado diretamente ao candidato no e-mail por ele informado no campo e-mail do formulário.

A seleção

O Brasília Ambiental oferece, ao todo, 100 vagas para chefe de brigada, chefe de esquadrão e brigadista de combate a incêndios florestais, com atuação por um período de até seis meses. 

Para chefe de brigada são quatro vagas, com jornada de trabalho de 12h x 36h. A remuneração é de R$ 3.193,60, há ainda seguro acidente. 

Já para o posto de chefe de esquadrão a remuneração é de R$ 2.495,00, há ainda seguro acidente. São 16 vagas, com jornada de trabalho de 12h x 36h. 

E para brigadista de combate a incêndios florestais o salário é de R$ 1.996, além de seguro acidente. São 80 vagas, com jornada de trabalho de 12h x 36h.

A contratação desses profissionais é uma das ações do Instituto com o objetivo de evitar e combater os grandes incêndios em suas 96 unidades de conservação espalhadas pelo DF, dentre elas 72 são parques. 


Publicidade