Publicidade

Estado de Minas

Até R$ 8,9 mil: Sead/GO lança edital de seleção com 110 vagas

Todas as etapas serão realizadas em Goiânia/GO


postado em 05/08/2019 13:51

(foto: Cecília Bastos/USP Imagens)
(foto: Cecília Bastos/USP Imagens)
A Secretaria de Estado da Administração do Goiás (Sead/GO) publicou o edital do novo processo seletivo simplificado que oferta vagas para profissionais de nível superior. As inscrições abrem em 7 de agosto e devem ser realizadas pelo site da Escola de Governo até 26 do mesmo mês. As taxas de inscrição variam entre R$ 50 e R$ 80.
 
Estão sendo ofertadas 110 vagas para os cargos de arquitetura, matemática, estatística e ciência atuarial. Também haverá oportunidades para engenheiros nas especialidades de civil, agronômica, elétrica, de minas, de agrimensura, florestal, ambiental, sanitária, cartográfica e mecânica. 

De acordo com o edital, as remunerações irão variar de R$ 4.900 a R$ 8.982. Os candidatos serão avaliados por prova objetiva, análise curricular e entrevista. Todas as etapas serão realizadas em Goiânia/GO. 

Os profissionais poderão ser lotados na Agência Goiana de Regulação, Controle e Fiscalização de Serviços Públicos (AGR), Goiás Previdência (Goiasprev), Agência Estadual de Turismo (Goiasturismo), Governadoria, Procuradoria Geral do Estado (PGE), Secretaria da Administração (Sead), Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), Secretaria de Esporte e Lazer (SEEL), Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad) e Secretaria de Insdústria, Comércio e Serviços (SIC).

A prova objetiva contará com disciplinas de língua portuguesa, realidade étnica, social, histórica, geográfica, cultural, política e econômica do Estado do Goiás, noções de administração e gestão pública, direito administrativo, matemática, informática e raciocínio lógico. 

processo seletivo simplificado terá validade de um ano, contados a partir da data da publicação da homologação da classificação final, podendo ser prorrogado uma única vez, por igual período, a depender do órgão. 

Para assumir o cargo é necessário ser brasileiro nato ou naturalizado, ter idade mínima de 18 anos, possuir Registro no Conselho de Fiscalização do Exercício Profissional, quando exigido, possuir disponibilidade para viagens e graduação na função escolhida, reconhecida pelo MEC.



Publicidade