Publicidade

Estado de Minas

Sanep/RS está em fase de contrato da banca para novo concurso com 49 vagas

Serão ofertadas vagas para todos os níveis de ensino


postado em 24/07/2019 09:30

(foto: Divulgação/Prefeitura Cuiabá)
(foto: Divulgação/Prefeitura Cuiabá)
O Serviço Autônomo de Saneamento de Pelotas (Sanep/RS) publicou através do Diário Oficial do Município o edital para contratação da empresa para prestação de serviços de planejamento, organização e realização do nosso concurso público. Serão ofertadas 49 vagas para cargos de nível fundamental, médio, técnico e superior. 
 
De acordo com uma publicação feita no Facebook da Sanep, serão abertas vagas para os cargos de auxiliar de serviços operacionais, instalador, operador de sistema hidráulico, motorista, operador de máquinas pesadas, escrevente, advogado, psicólogo, engenheiro - eletricista, químico, mecânico e civil, arquiteto, químico, biólogo e contador. 

Também haverá vagas para técnico em enfermagem, segurança do trabalho, construção civil, eletromecânica, química e ambiental. "Ainda não há previsão da publicação. Por enquanto estamos apenas contratando a empresa que será responsável pela organização e execução do concurso”.

Última seleção 

Em 2018 foi realizado um processo seletivo simplificado ofertando 49 vagas para os cargos de técnico em enfermagem e segurança do trabalho, escrevente, instalador, motorista, operador de máquinas, operário, advogado, biólogo e engenheiro – eletricista, mecânico e químico. 

As remunerações variaram de R$ 876,16 a R$ 4.582,75, além do vale alimentação de R$ 543,33. Os candidatos foram avaliados por análise curricular e entrevista (coletiva e individual). Também houve prova prática para os cargos de instalador, motorista, operador de máquinas e operário. 

Para assumir o cargo foi necessário possuir idade mínima de 18 anos e máxima de 75 anos, ser de nacionalidade brasileira ou ser naturalizado brasileiro, não perceber proventos de aposentadoria civil ou militar ou remuneração de cargo, emprego ou função pública que caracterizem acumulação ilícita de cargos, não registrar antecedentes criminais e não ter sido demitido ou exonerado pelo Município de Pelotas, na forma da administração direta e indireta, por justa causa ou em decorrência de processo administrativo disciplinar e não estar incompatibilizado com investidura na função.



Publicidade