Publicidade

Estado de Minas

MPMG autoriza concurso para promotor e define comissão organizadora

Salário inicial pode ultrapassar R$ 26 mil


postado em 18/07/2019 14:41

(foto: Divulgação/CAU/MG)
(foto: Divulgação/CAU/MG)
O Ministério Público do Estado de Minas Gerais (MPMG) autorizou a realização de um novo concurso público para o cargo de promotor de justiça substituto. A comissão organizadora também foi definida. De acordo com a assessoria do Ministério, ainda não há previsão de quantas vagas serão ofertadas ou de quando o edital será publicado. 
 
Para assumir o cargo é necessário ser brasileiro, ter concluído curso de bacharelado em direito e possuir, no ato da inscrição definitiva, no mínimo, três anos de prática de atividade jurídica exercida após a conclusão do curso de bacharelado em direito.

Último concurso

último concurso ocorreu em 2018 e teve sua homologação publicada em abril deste ano. Foram ofertadas 50 vagas, sendo 35 para ampla concorrência, cinco para candidatos com deficiência e 10 para candidatos negros. O subsídio inicial para o cargo foi de R$ 26.125,17.

Os candidatos foram avaliados por prova preambular, provas especializadas, exame psicotécnico, provas orais e avaliação de títulos. As provas contaram com disciplinas de direito - processual coletivo, material coletivo, processual civil, civil, processual penal, penal e criminologia, financeiro e tributário, administrativo, eleitoral e constitucional.

Outras oportunidades

Prefeitura Municipal de Uberlândia, em Minas Gerais está ofertando 1.778 vagas no novo concurso público, com remunerações variando de R$ 1.164,93 a R$ 3.097,66, além dos benefícios. As inscrições abrem em 9 de setembro e devem ser realizadas até 11 de outubro. As taxas de inscrição variam de R$ 50 a R$ 100, a depender do cargo.

Para nível superior há vagas para pintor, carpinteiro, marceneiro, serralheiro, pedreiro, agente de apoio operacional, almoxarife, agente de segurança patrimonial, auxiliar fiscal de obras públicas e operador de teleatendimento.

Para nível médio os candidatos poderão optar entre profissional de apoio escolar, fiscal - abastecimento, defesa do consumidor, meio ambiente, obras, patrimônio, posturas, sanitário/alimentos, enfermagem e farmácia, músico instrumentista – fagote, bombardino, clarinete, flauta transversal, oboé, percussão, sax, trombone, trompa, trompete e tuba, técnico enfermagem, desenhista, oficial administrativo, técnico agropecuária, técnico em segurança do trabalho, topógrafo, agente de controle de zoonoses, fotógrafo, iluminador, assistente técnico de som e agente de autoridade de trânsito. 

Já para profissionais de nível superior há oportunidades para fisioterapeuta, farmacêutico bioquímico, analista em controle interno, arquivista, assistente social, bibliotecário, biólogo, conservador restaurador, contador, economista, analista cultural, médico veterinário, nutricionista, profissional de educação física, programador visual, psicólogo, zootecnista, arquiteto, engenheiro, geógrafo, auditor fiscal e tributário, músico regente, intérprete educacional, professor, analista pedagógico e inspetor escolar. 


Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade