Publicidade

Estado de Minas

Alfândega da Receita Federal oferta mais de 40 vagas em nova seleção

Oportunidades são para nível superior


postado em 11/07/2019 11:34

(foto: Divulgação/Receita Federal)
(foto: Divulgação/Receita Federal)
Foi publicado no Diário Oficial da União, o edital do novo processo seletivo da Alfândega da Receita Federal do Brasil, no Porto de Paranaguá, no Paraná. Estão sendo ofertadas 48 vagas para engenheiros e os candidatos poderão optar entre as áreas têxtil, química, civil, de telecomunicações, agronômica, elétrica, alimentos e eletrônica. Profissionais de qualquer das áreas fiscalizadas pelo Sistema Confea/Crea também poderão concorrer. 
 
As inscrições abrem em 15 de julho e devem ser realizadas até 2 de agosto, das 8h30 às 11h30 e das 13h30 às 16h30. Os interessados devem se inscrever presencualmente na Alfândega, localizada no Centro de Atendimento ao Contribuinte (CAC), Av. Coronel José Lobo nº 2300, bairro Oceania - Paranaguá/PR.

Os peritos credenciados executarão as tarefas de identificação e quantificação de mercadoria importada ou a exportar e a emissão de laudos e pareceres técnicos sobre o estado e o valor residual de bens, quando solicitado pela fiscalização aduaneira, no curso do procedimento fiscal.

Fases 

A seleção será realizada por fase de habilitação, que compreenderá a verificação e análise dos documentos de habilitação apresentados por cada interessado, relativamente ao atendimento das exigências. Também haverá a fase de classificação e julgamento final, que compreenderá a verificação e aplicação dos critérios de classificação. 

Para assumir o cargo, é necessário que os candidatos possuam certificados dos cursos de especialização pertinentes à área técnica pretendida, com carga horária superior a 60 horas/aula, comprovante de experiência profissional mínima de dois anos na área técnica pretendida, com ou sem vínculo empregatício e certidão negativa ou positiva com efeito de negativa de débitos relativos a créditos tributários federais.

O processo seletivo terá validade de dois anos, contados a partir da data da publicação da homologação da classificação final, podendo ser prorrogado uma única vez, por igual período, a depender do órgão.
 
Os interessados podem conferir edital aqui. 


* Estagiária sob a supervisão de Lorena Pacheco 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade