Publicidade

Estado de Minas

Secretaria de Educação de SP retifica edital com 1.737 vagas

Mudança foi feita no conteúdo programático para auxiliar técnico em educação


postado em 01/07/2019 11:36 / atualizado em 02/07/2019 11:32

(foto: Divulgação/Secretaria de Educação de SP)
(foto: Divulgação/Secretaria de Educação de SP)
Secretaria Municipal de Educação de São Paulo retificou o edital do concurso público que oferta vagas para cargos de nível médio/técnico. A mudança foi publicada pela Fundação para o Vestibular da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (Fundação Vunesp), banca escolhida para organizar o concurso.
 
A alteração feita foi do conteúdo programático para as provas do cargo de auxiliar técnico de educação. Confira abaixo:

Como constava:

BRASIL. Lei nº 13.146, de 6 de julho de 2015. Institui a lei brasileira de inclusão da pessoa com deficiência (Estatuto da Pessoa com Deficiência). Brasília, DF, 2015. Cap. I e Cap. IV.

Leia-se:

BRASIL. Lei nº 13.146, de 6 de julho de 2015. Institui a lei brasileira de inclusão da pessoa com deficiência (Estatuto da Pessoa com Deficiência). Brasília, DF, 2015. Título I – Disposições Preliminares, Capítulo I – Disposições Gerais – Art. 1º ao Art. 3º e Títulos II – Dos Direitos Fundamentais, Capítulo IV – Do Direito à Educação – Art. 27 ao Art. 30.

O concurso

A Secretaria lançou dois editais ofertando 1.737 vagas, ao todo para cargos de nível médio, técnico e superior. As inscrições já estão abertas e devem ser realizadas pelo site da banca até 5 de julho. A taxa custa R$ 41,80.

O primeiro edital oferta 1.109 vagas para auxiliar técnico de educação. A remuneração inicial da carreira é de R$ 1.541,14, para 40 horas de trabalho semanal. Haverá provas objetivas (português, matemática, noções de informática, publicações institucionais e legislação) e dissertativas (estudo de caso) em 1º de setembro, além de títulos.

Já o segundo edital oferta 628 vagas destinadas a coordenadores pedagógico. A remuneração inicial é de R$ 5.187,01, também para 40 horas de trabalho semanal. Os candidatos serão avaliados por provas objetivas, dissertativas e de títulos.

Confira aqui mais informações sobre o concurso. 
 
 
* Estagiária sob a supervisão de Lorena Pacheco 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade