Publicidade

Estado de Minas

PGE concede aval e concurso da Sefaz/AL deve ter edital publicado em breve

O governador também confirmou que o edital da PCAL está previsto para ser publicado no segundo semestre


postado em 26/06/2019 14:36 / atualizado em 28/06/2019 11:32

(foto: Paulo de Araújo/CB/D.A Press)
(foto: Paulo de Araújo/CB/D.A Press)
A Procuradoria Geral do Estado (PGE/AL) concedeu o aval para realização do novo concurso da Secretaria de Fazenda do Alagoas (Sefaz/AL). O governador do Estado de Alagoas, Renan Filho, publicou em seu Instragram uma mensagem afirmando que o certame está próximo. "Tá chegando a hora do concurso da Sefaz. Informarei a data em breve". O concurso foi autorizado em maio e tem previsão para ser lançado neste mês de junho. 
 
Sobre a autorização, secretário George Santoro afirmou que o certame prevê vagas para cargos de auditor fiscal na área de receita e auditor na área financeira. O salário inicial é de aproximadamente R$ 9 mil para auditor fiscal e cerca de R$ 8 mil para auditor de finanças. 
 
O concuso da Polícia Civil também já está autorizado e ofertará vagas para delegados e servidores da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau). As informações foram confirmadas pela Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio (Seplag).
 
Concursos para agentes e delegados da Polícia Civil também foram confirmados. Respondendo a um comentário na mesma publicação feita no Instagram o governador afirmou que o edital da PCAL será publicado no segundo semestre.

Outras autorizações

Para área da saúde o governador afirmou prever novo concurso para contratação de profissionais para os cinco novos hospitais que estão em construção. Será avaliada a possibilidade de mais de um concurso para substituir profissionais que já estejam na rede ou para os novos hospitais.

Para a Polícia Militar é necessário, segundo ele, aguardar o encerramento do concurso de 2018 para verificar a melhor data para publicação do próximo edital. O objetivo da PM é estudar a possibilidade de um novo concurso para 2019 ou primeiro semestre de 2020, juntamente com o Corpo de Bombeiros, mesmo que com efetivo menor.
 
Na área da educação o governador comentou apenas sobre a análise do último concurso para verificar possibilidade do novo certame. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade