Publicidade

Estado de Minas

TJRO lança concurso para formados em direito, com salário de R$ 28,8 mil

A primeira etapa está marcada para outubro


postado em 17/06/2019 11:26 / atualizado em 19/06/2019 05:32

(foto: Divulgação/TJRO )
(foto: Divulgação/TJRO )
Um novo edital de abertura foi aberto pelo Tribunal de Justiça de Rondônia (TJRO). O concurso tem como objetivo o preenchimento de cinco vagas para juiz substituto, sendo uma chance reservada aos candidatos com deficiência e uma a candidatos negros. A remuneração é de R$ 28.884,20. 

Para concorrer é necessário ter nacionalidade brasileira, ter formação superior em direito há pelo menos três anos, além de ter no mínimo três anos de atividade jurídica até a data da inscrição definitiva, exercida a partir da obtenção do grau de bacharel. 

O concurso é composto por provas objetivas, escritas (discursiva e prática de sentença), inscrição definitiva, sindicância da vida pregressa e investigação social, exames de sanidade física e mental, avaliação psicológica, prova oral e de títulos. 

A prova objetiva será dividida em três blocos: 
  • bloco I: Direito Civil, Direito Processual Civil, Direito do Consumidor e Direito da Criança e do Adolescente; 

  • bloco II: Direito Penal, Direito Processual Penal, Direito Constitucional e Direito Eleitoral; 

  • bloco III: Direito Empresarial, Direito Tributário, Direito Ambiental e Direito Administrativo. 

Será considerado habilitado na prova objetiva seletiva, o candidato que obtiver, no mínimo, 30% de acerto das questões em cada bloco e, satisfeita essa condição, alcançar, também, média final de, no mínimo, 60% de acertos do total referente à soma algébrica das notas dos três blocos. Já para a segunda etapa, serão classificados os 200 candidatos que obtiverem as maiores notas após o julgamento dos recursos. 

Participe 

As inscrições preliminares devem ser feitas pelo site da Fundação Vunesp, que é a banca organizadora da seleção, entre os dias 1º e 30 de julho. A taxa custa R$ 288. A isenção da taxa poderá ser pedida entre 1º e 5 de junho por quem é doador de sangue, medula óssea, beneficiários por serem economicamente hipossuficiente e quem prestou serviços voluntários à Justiça Eleitoral. 

O concurso terá validade de dois anos, contados a partir da data da publicação da homologação no Diário da Justiça Eletrônico do resultado final, prorrogável, a critério do Tribunal, uma vez, por igual período. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade