Publicidade

Estado de Minas

TJDFT divulga locais de prova escrita e prática do concurso para cartórios

As provas ocorrerão em 9 de junho


postado em 07/06/2019 12:30 / atualizado em 10/06/2019 17:32

(foto: Vinicius Cardoso Vieira/Esp. CB/D.A Press)
(foto: Vinicius Cardoso Vieira/Esp. CB/D.A Press)
A prova escrita e prática do concurso público do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT) ocorre neste domingo (9/6). Os locais de prova já podem ser consultados pelo site do Cebraspe, banca organizadora do certame. O candidato somente poderá realizar a prova escrita e prática no local designado na consulta individual disponível no endereço eletrônico. 
 
As provas para os candidatos à outorga por provimento serão realizadas às 8h e às 15h para os candidatos à outorga por remoção, observado o horário oficial de Brasília/DF. A duração será de 5 horas. 

É necessário comparecer ao local designado com antecedência mínima de uma hora do horário fixado para o início desta, munido de caneta esferográfica de tinta preta fabricada em material transparente, do comprovante de inscrição e do documento de identidade original. O edital de resultado provisório na prova escrita e prática será publicado no Diário Oficial da União e divulgado no site da banca, na data provável de 28 de junho de 2019. 

Haverá ainda comprovação de requisitos para outorga das delegações, exame psicotécnico e entrega do laudo neurológico e do laudo psiquiátrico e entrevista pessoal, ambos de caráter descritivo e de presença obrigatória e análise da vida pregressa, prova oral e avaliação de títulos.

Prova objetiva

O resultado final da prova objetiva do concurso público para cartórios e a convocação para a prova escrita e prática já foi divulgado. As informações estão disponíveis no site do Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe), que é a banca organizadora do certame. 

Concurso

concurso oferece quatro vagas para provimento ou remoção na atividade extrajudicial de notas e de registro. Para participar, é necessário que o candidato tenha diploma registrado em direito, ou ter exercido, por dez anos, função em serviços notariais ou de registros, completados antes da primeira publicação do edital.
 
*Estágiária sob supervisão de Lorena Pacheco 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade