Publicidade

Estado de Minas

R$ 18 mil: Itamaraty pretende lançar concurso no segundo semestre

Ainda não foi divulgado o número de vagas


postado em 06/06/2019 13:02 / atualizado em 10/06/2019 05:09

(foto: Helio Montferre/Esp. CB/D.A Press)
(foto: Helio Montferre/Esp. CB/D.A Press)
Foi anunciada pelo Itamaraty a intenção de realizar um novo concurso público para admissão a carreira de diplomata, ao longo do segundo semestre. De acordo com a assessoria de comunicação do órgão, o número de vagas somente será divulgado quando o edital for publicado. O salário atual do cargo é de R$ 18.059,83.
 
Para assumir o cargo é necessário ter nível superior, ter idade mínima de 18 anos, ser brasileiro nato, estar em dia com as obrigações eleitorais e também com o serviço militar (no caso de candidatos do sexo masculino). Também é necessário que os candidatos tenham disposição para servir no exterior e capacidade e disposição para resolver conflitos e enfrentar situações adversas e inesperadas, na defesa dos interesses do Brasil e de seus cidadãos no exterior.
 

Redução de servidores  

De acordo com a assessoria do órgão, o quadro de lotações dos Postos no exterior está sendo atualizado. "O novo quadro busca reequilibrar também a proporção de servidores no exterior e em Brasília, com vistas a melhor refletir o quadro numérico de servidores em exercício e recompor o déficit de lotação na Secretaria de Estado."

Houve redução, no exterior, de 84 vagas de diplomatas (de 727 vagas para 643) e de 54 vagas de oficial e assistente de chancelaria (de 1.115 para 1.061). O processo inclui alterações nas lotações de 78 Postos, em todos os continentes. 

Os efeitos do novo quadro de lotação serão sentidos gradualmente, pois Postos com número superior de servidores à sua nova lotação manterão seus quadros até que os servidores sejam removidos no curso normal dos mecanismos periódicos de remoção de funcionários do Itamaraty.

As embaixadas na Dominica (Roseau) e Antígua e Barbuda (Saint John’s) já foram fechadas. As de Granada (Saint George), São Cristóvão e Nevis (Basseterre) e  São Vicente e Granadinas (Kingstown) estão em processo de fechamento. 

Dos motivos para o fechamento foram considerados os critérios de baixa representatividade (ou quase inexistência) de comunidade brasileira, pouca expressão do comércio bilateral, alta concentração do volume de trabalho em expedientes de caráter administrativo (com informações sobre pagamento de pessoal, de alugueis e de contas, por exemplo) e a avaliação do custo, em reais, de manutenção da rede de postos no período de 2008 a 2017. 

Último concurso

Em 2018 foi realizado o último concurso ofertando 26 vagas na classe inicial de terceiro secretário, sendo reservadas cinco vagas a candidatos negros e duas para candidatos com deficiência. A remuneração inicial é de R$ 18.059,83. O certame foi organizado pelo Instituto Rio Branco (IRBr), com a colaboração do Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe). Ao todo, 5.594 candidatos estavam inscritos no concurso concorrendo a 26 vagas, uma média de 204 candidatos por vaga. 
 
A seleção foi realizada por três fases. A primeira foi uma prova objetiva composta por 73 questões com disciplinas de conhecimentos de língua portuguesa (10), língua inglesa (9), história do Brasil (11), história mundial (11), política internacional (12), geografia (6), noções de economia (8), e noções de direito e direito internacional público (6).

A segunda etapa consistiu em prova escrita de língua portuguesa e inglesa. Já a terceira houve prova com conteúdos de história do Brasil e geografia, política internacional e noções de economia e noções de direito e direito internacional público, língua espanhola e língua francesa. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade