Publicidade

Estado de Minas

Caixa quer convocar deficientes aprovados em concursos para cumprir lei

Para o presidente da Caixa, em respeito aos funcionários, dos 1.000 que serão chamados, pelo menos 50% das pessoas terão algum tipo de deficiência.


postado em 05/06/2019 16:25 / atualizado em 07/06/2019 11:32

(foto: EBC/Divulgação)
(foto: EBC/Divulgação)
O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, anunciou que os aprovados no concurso público da instituição de 2014 serão convocados pelo banco. Para ele, em respeito aos funcionários da Caixa, dos 1.000 que serão chamados, pelo menos 50% das pessoas terão algum tipo de deficiência. 

Por lei, 5% do número de funcionários de instituições financeiras têm que se enquadrar nestas condições. “A Caixa é maior patrocinador do esporte paraolímpico e apenas 1,67% dos funcionários têm algum tipo de deficiência. É inaceitável que isso aconteça. Por isso, 50% das pessoas que serão admitidas terão algum tipo de deficiência. Entendemos que é uma demanda fortíssima. Podemos chegar inclusive aos 75%”, afirmou. 

Guimarães afirmou, porém, que é preciso observar o número de aprovados com deficiência. “A Caixa é o único dos bancos grandes que não tinha a inclusão de 5%. Nós não estamos fazendo mais do que a obrigação”, afirmou. 

O presidente da Caixa admitiu, porém, que, mesmo após a convocação, o banco não alcançará os 5% obrigatórios. 
 
 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade