Publicidade

Estado de Minas

Até R$ 5 mil: Secretaria de Educação de São Paulo oferece 1.737 vagas

As chances são de nível médio e superior. Os editais foram publicados pela Fundação Vunesp


postado em 28/05/2019 11:31 / atualizado em 30/05/2019 11:32

(foto: USP Imagens/Divulgação )
(foto: USP Imagens/Divulgação )
A Secretaria Municipal de Educação de São Paulo lançou dois novos editais de concurso público, que oferecem, ao todo, 1.737 oportunidades. A Fundação para o Vestibular da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (Fundação Vunesp) é a banca escolhida para organizar o concurso. 

O primeiro edital abriu 1.109 vagas para auxiliar técnico de educação, sendo 56 reservadas a pessoas com deficiência e 222 para negros. A remuneração inicial da carreira é de R$ 1.541,14, para 40 horas de trabalho semanal. Para concorrer é necessário apresentar certificado de conclusão de Ensino Médio ou diploma e/ou certificado de curso técnico/profissionalizante ou equivalente, acompanhado de histórico escolar, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação. 

As inscrições podem ser feitas de 4 de junho a 5 de julho, pelo site www.vunesp.com.br/PMSE1901. A taxa custa R$ 41,80. 

Haverá provas objetivas (português, matemática, noções de informática, publicações institucionais e legislação) e dissertativas (estudo de caso) em 1º de setembro, além de títulos. 

Coordenadores 

Já as demais 628 oportunidades são destinadas a coordenadores pedagógicos, cargo que exige licenciatura plena em pedagogia; ou pós-graduação stricto sensu em educação; ou pós-graduação lato sensu em educação, de no mínimo 800 horas; e experiência mínima de três anos no magistério. A remuneração inicial é de R$ 5.187,01, também para 40 horas de trabalho semanal. 

As inscrições podem ser feitas de 4 de junho a 5 de julho, pelo site www.vunesp.com.br/PMSE1902. O edital não especificou o valor da taxa de inscrição. São reservadas 32 das vagas a pessoas com deficiência e 126 a pessoas negras. 

Haverá provas objetivas, dissertativas e de títulos. A prova dissertativa será composta de três questões dissertativas, com temas que envolvam as atribuições e responsabilidades do cargo: gestão pedagógica; acompanhamento e avaliação das aprendizagens; formação docente no contexto escolar. 

O prazo de validade dos concursos é de dois anos, prorrogável por mais dois anos, a contar da data de homologação do certame a critério da Administração da Secretaria Municipal de Educação. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade