Publicidade

Estado de Minas

Concurso BRB: especialistas comentam edital de nível superior

São 12 vagas imediatas e salários de até R$ 11 mil


postado em 08/05/2019 18:54 / atualizado em 13/05/2019 11:08

(foto: Breno Fortes/CB/D.A Press )
(foto: Breno Fortes/CB/D.A Press )
O Banco de Brasília (BRB) publicou ontem, no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF), mais um edital de concurso público. Desta vez, com 12 vagas para os cargos de analista de tecnologia da informação (10), engenheiro de segurança do trabalho (1) e médico do trabalho (1), todos de nível superior.  O edital da última sexta-feira previa 100 vagas para escriturário (nível médio). O Instituto Americano de Desenvolvimento (Iades) foi a banca examinadora selecionada para conduzir o certame. 

 

O professor e coordenador científico dos cursos de TI, do Gran Cursos Online, Josis Alves, explica que há uma tendência que os bancos demandem mais profissionais da área de tecnologia da informação, principalmente por conta da migração para os bancos digitais: “Todos os órgãos estão demandando mais profissionais de TI, mas os bancos, em especial, estão se voltando totalmente para a área. Se hoje qualquer pessoa consegue abrir uma conta no banco pelo celular, por trás disso existe o trabalho de alguém de TI.” 

 

Sobre o edital do BRB, o professor dá dicas para os candidatos se prepararem: “É um edital bem denso, com várias disciplinas e o banco está querendo um profissional que tenha um conhecimento generalista de todas as áreas de TI. Como o programa é extenso, a estratégia é estudar as áreas em que se tem mais deficiência e focar na área com menos aptidão para tentar equilibrar.” Além dos 10 candidatos selecionados, outros 70 também serão aprovados: “O banco está demonstrando que tem interesse em contratações futuras”, afirma.

 

Já para o professor do IMP e especialista em tecnologia Jorge Fernando, o edital demonstra que o o banco está receptivo à inovação: “É um edital preocupado com a área fim de um instituição bancária, mas que se preocupa muito com a expansão digital. Quem entrar deve estar atento a assuntos de proteção de dados, segurança da informação e inovações”

 

Segundo o professor, o edital conta com o tópico Inovação, que não é tão comum em concursos. “Mistura inovação tecnológica, empreendedorismo e soluções inteligentes.” Há também o tópico de Bancos na Era Digital, em que o candidato deve estar atento a temas como blockchain, bitcoins, pois os bancos se atentarão cada vez mais a estes assuntos. 

 

Salário alto 

O salário é de R$ 7.690,22 para analista de tecnologia da informação e de R$ 11.041,46 para o cargo de engenheiro de segurança do trabalho. Ambos têm carga horária de seis horas diárias, totalizando 30 horas semanais. Já para a função de médico do trabalho, a carga horária é de quatro horas diárias e remuneração de R$ 9.873,24. Para as duas últimas funções, além do diploma devidamente registrado, é exigido certificado de conclusão de curso de especialização, em nível de pós-graduação.

Concorra

As inscrições começam em 9 de junho e seguem até 15 de julho. Saiba mais sobre o concurso em: BRB lança segundo edital de concurso público com vagas para nível superior 
 

 


* Estagiária sob supervisão de Rozane Oliveira 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade