Publicidade

Estado de Minas

Seplag de Minas Gerais abre 40 vagas para especialistas em políticas públicas

Candidatos devem prestar o Enem 2019 e depois cursar graduação para então poder ser empossado no cargo


postado em 18/04/2019 13:36 / atualizado em 23/04/2019 11:32

(foto: Divulgação/Seplag/MG )
(foto: Divulgação/Seplag/MG )
A Secretaria de Planejamento e Gestão de Minas Gerais (Seplag/MG) abriu novo edital de concurso público para a contratação de 40 vagas para o cargo de especialista em políticas públicas e gestão governamental. A remuneração nível 1, grau A, corresponde a até R$ 5.451,65. A jornada de trabalho é de 40 horas semanais. 

As inscrições devem ser feitas de 17 de junho a 7 de agosto, pelo site concurso.fundacaocefetminas.org.br. A taxa custa R$ 60. O regulamento reserva 10% das vagas a pessoas com deficiência e 205 a negros. 

A primeira etapa da seleção é o Exame Nacional do Ensino Médio de 2019 (Enem 2019), marcado para os dias 3 e 10 de novembro, para ingresso no curso de graduação em Administração Pública (Csap), ministrado pela Escola de Governo Professor Paulo Neves de Carvalho da Fundação João Pinheiro (caráter eliminatório e classificatório). A segunda fase é o Csap propriamente dito, de caráter eliminatório, com duração de quatro a cinco anos. 

Cronograma do concurso da Seplag MG (clique para ampliar) (foto: Reprodução/Edital concurso Seplag MG )
Cronograma do concurso da Seplag MG (clique para ampliar) (foto: Reprodução/Edital concurso Seplag MG )
Será eliminado o candidato que não obtiver no Enem 2019, no mínimo, 350 (trezentos e cinquenta) pontos em cada uma das provas objetivas e 500 (quinhentos) pontos na prova de redação. 

Segundo edital, toda informação correspondente ao Enem 2019 deverá ser buscada junto ao Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), subordinado ao Ministério da Educação (MEC). Já informações referentes ao Csap deverão ser buscadas na Fundação João Pinheiro. Qualquer outro tipo de informação que não esteja relacionada acima deverá ser fornecida pela Fundação de Apoio à Educação e Desenvolvimento Tecnológico de Minas Gerais (Fundação CEFETMINAS). 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade