Publicidade

Estado de Minas

SEDESTMIDH: candidatos a educador social já podem consultar os locais de prova

São mais de 53 mil inscritos no concurso


postado em 11/04/2019 17:21 / atualizado em 15/04/2019 11:32

(foto: Marcos Santos/USP Imagens)
(foto: Marcos Santos/USP Imagens)
O Instituto Brasil de Educação (Ibrae) liberou o cartão com os locais de prova para o cargo de educador social. Os candidatos já podem conferir pelo site, acessando a página com o CPF. As provas ocorrerão no próximo domingo (14/4) a partir das 14h até as 18h30. As provas para os demais cargos já têm data marcada e os locais serão divulgados dez dias antes da realização, também pelo site do Instituto
 
As provas serão compostas de 20 questões de múltipla escolha sobre conhecimentos gerais e 30 de conhecimentos específicos. No mesmo dia também haverá prova discursiva que consistirá na elaboração de um texto dissertativo, com a extensão máxima de 30 linhas. A partir de julho, haverá também avaliação psicológica, sindicância de vida pregressa e investigação social e curso de formação (serão 114 horas/aula, sob a responsabilidade do Ibrae).
 

Calendário com novas datas de provas do concurso da SEDESTMIDH
Calendário com novas datas de provas do concurso da SEDESTMIDH
Concurso

De acordo com o órgão, ao todo, são 53.748 inscritos, sendo 27.297 candidatos concorrendo aos cargos de nível médio e 26.451 para as vagas de nível superior. São quatro editais ofertando 1.884 vagas para cargos de nível médio e superior. Dessas vagas 314 são para contrato imediato e 1.570 para formação de cadastro reserva. Os aprovados exercerão jornadas de trabalho de 30 horas semanais para receberem remunerações variando entre R$ R$ 2.600 e R$ 3.599,70. 

Os candidatos de nível superior podem optar entre os cargos de especialista em assistência social, nas especialidades de educador social, direito e legislação, pedagogia, psicologia, serviço social, administração, ciências contábeis, comunicação social, economia, estatística e nutrição. Para nível médio serão ofertadas vagas para técnico administrativo, agente social e cuidador social.

Cancelamento

O concurso público teve as provas canceladas após desorganização pelo atraso na distribuição das provas e consequente tumulto dos candidatos. Os exames realizados pela manhã foram anulados logo em seguida. Várias fraudes também foram relatadas como envelopes rasgados e pessoas mexendo no celular dentro de sala. Concurseiros disseram que também não havia detector de metal na entrada, o cartão de respostas não foi entregue aos candidatos e os chefes de sala não conseguiam se comunicar com a banca organizadora. Com isso, as pessoas de algumas salas acabaram sendo liberadas enquanto outras faziam a prova em outros locais. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade