Publicidade

Estado de Minas

Mais de 200 vagas! Nova seleção é autorizada para o IBGE

Divulgação do edital para níveis fundamental e médio deverá acontecer em algumas semanas, diz assessoria de imprensa


postado em 25/03/2019 12:59 / atualizado em 26/03/2019 11:32

(foto: Divulgação Instagram/IBGE)
(foto: Divulgação Instagram/IBGE)

O Governo Federal autorizou a abertura de um novo processo seletivo simplificado para o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)! O objetivo é o preenchimento de 209 vagas temporárias, de acordo com portaria divulgada nesta segunda-feira (25/3) no Diário Oficial da União (DOU). Os candidatos aprovados serão contratados temporariamente para atuar no Censo Experimental de 2019. A assessoria de comunicação do IBGE afirmou que o edital deve ser divulgado em algumas semanas.
 
As oportunidades são divididas da seguinte forma:
 
Agente censitário municipal – quatro vagas
Agente censitário supervisor – 25 vagas
Recenseador – 180 vagas
 
O candidato que quiser se inscrever para resenceador precisará ter nível fundamental completo, enquanto para as demais vagas é necessário diploma de nível médio.
 
Segundo a portaria, o prazo para a publicação do edital de abertura de inscrições é de seis meses, ou seja, até 25 de setembro. De qualquer forma, o documento afirma que os profissionais poderão ser contratados a partir de julho deste ano.

Os contratos terão duração de até um ano, com a possibilidade de prorrogação. Passado o período de três anos do resultado final da seleção, os contratos firmados não poderão mais vigorar.

Concurso para efetivos

O IBGE atualmente sofre com grande déficit de funcionários, juntamente com escassez de recursos financeiros e muitas aposentadorias sem reposição. Por isso, o órgão está aguardando a autorização de 1.800 vagas para novo concurso. Oportunidades seriam para nível médio e superior.
 
Saiba mais: “Somente um concurso público poderá resolver essa situação”, diz IBGE 

 

* Estagiária sob supervisão de Lorena Pacheco

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade