Publicidade

Estado de Minas

Ministro Paulo Guedes autoriza nomeação de 214 aprovados no concurso da Abin

A posse dos aprovados deverá ocorrer a partir deste mês, não podendo ocorrer após 21 de dezembro de 2019


postado em 22/03/2019 10:52 / atualizado em 25/03/2019 11:08

(foto: Abin/Divulgação)
(foto: Abin/Divulgação)
O ministro da Economia, Paulo Guedes, autorizou o provimento de 214 candidatos aprovados no concurso público realizado pela Agência Brasileira de Inteligência (Abin). A informação foi publicada do Diário Oficial da União, desta sexta-feira (22/3).

De acordo com o documento, a posse dos aprovados deverá ocorrer a partir deste mês de março, não podendo ocorrer após 21 de dezembro de 2019. 

O provimento está condicionado à existência de vagas na data da nomeação dos candidatos e à  adequação orçamentária e financeira do órgão.

Essa é a segunda autorização do ministro para a Agência. Em fevereiro, Guedes já havia autorizado a nomeação dos 80 primeiros aprovados no concurso, sendo 60 oficiais técnicos e 20 agentes. 

O concurso 

São 300 vagas imediatas distribuídas em três cargos de níveis médio e superior: oficial, oficial técnico e agente de inteligência. Os salários são de R$ 16.620,46 (oficial), R$ 15.312,74 (oficial Técnico) e R$ 6.302,23 (agente). Todas as chances são para lotação em Brasília, apenas o cargo de oficial de inteligência área 1 (para qualquer graduação) admite trabalhar em qualquer Unidade da Federação. 

Quem tem nível médio de formação concorreu a 20 vagas para agente de inteligência. As outras 60 oportunidades foram para Oficial Técnico de Inteligência, que admitiu inscrição de graduados em administração, economia, contabilidade, direito, psicologia, pedagogia, engenharia civil, engenharia eletrônica, engenharia elétrica, matemática, estatística, tecnologia da informação, arquivologia ou biblioteconomia. As demais 220 vagas são para o cargo de oficial de inteligência, para candidatos com curso de graduação em qualquer área de formação. 

O Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe) é organizador. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade