Publicidade

Estado de Minas

AGU divulga resultado preliminar e gabarito definitivo de analista e bibliotecário

Demais cargos tiveram provas remarcadas para o dia 27 de janeiro


postado em 04/01/2019 15:34 / atualizado em 09/01/2019 06:33

(foto: Divulgação/AGU)
(foto: Divulgação/AGU)

A Advocacia-Geral da União e a Idecan, banca responsável pela organização do concurso, divulgaram o resultado preliminar e o gabarito da prova objetiva dos cargos de analista técnico-administrativo e bibliotecário, para negros, pessoas com deficiência e ampla concorrência. O exame foi realizado no período vespertino no dia 9 de dezembro de 2018.

Os demais cargos, referentes ao de administrador, arquivista, contador, técnico em assuntos educacionais, cujas provas foram realizadas no período matutino, e técnico em comunicação social, vespertino, tiveram as avaliações anuladas e serão reaplicadas no dia 27 de janeiro deste ano. Os inscritos para a função de técnico em comunicação social farão a prova durante à tarde, das 15h às 19h30, enquanto os outros farão pela manhã, das 9h às 13h30.

O motivo da remarcação do concurso foi o atraso dos malotes que continham as provas, no período da manhã, que não chegaram a tempo em quatro estados. As provas do turno vespertino, contudo, iniciaram no horário certo e não houve motivo para reaplicação, com exceção do exame do cargo de comunicação social, que foi cancelado devido a irregularidades na aplicação no Rio de Janeiro/RJ.

Segundo a banca, os locais de realização das provas objetivas e discursivas serão divulgados na possível data de 21 de janeiro, por aviso no Diário Oficial da União e no próprio site da Idecan. Os testes serão aplicados novamente nas capitais dos 26 estados brasileiros e no Distrito Federal.

Ocorrências

Candidatos que fizeram o concurso no Distrito Federal no turno da tarde fizeram denúncias de fraude para a Polícia Civil (PCDF). Os indivíduos relataram que os envelopes que continham as provas vieram rasgadas. Segundo as vítimas, os rasgos tinham aproximadamente 15 centímetros, e parecia ter sido manuseado por um estilete, ou material parecido. A ocorrência foi encaminhada para a Polícia Federal (PFDF).

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade