Publicidade

Estado de Minas

Mineiros saberão hoje em quais escolas estaduais vão estudar em 2020

No fim da tarde, Secretaria de Educação vai disponibilizar lista aos estudantes que fizeram a pré-matrícula pela internet


postado em 10/01/2020 10:07 / atualizado em 10/01/2020 10:18

Ano letivo das escolas estaduais em 2020 começa em 10 de fevereiro(foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press - 28/11/2019)
Ano letivo das escolas estaduais em 2020 começa em 10 de fevereiro (foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press - 28/11/2019)


A Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais vai divulgar nesta sexta-feira, após as 18h, a primeira lista de estudantes que fizeram a pré-matrícula on-line informando as escolas para as quais serão destinados em 2020

“Alguns dos parâmetros são: se a unidade escolar é a mais próxima da residência do aluno, se há irmãos matriculados na mesma escola e idade. Para os estudantes que fizeram a pré-matrícula, no momento de consultar para qual escola foram encaminhados (no site matricula.educacao.mg.gov.br) é preciso ter em mãos o número de inscrição. Também é possível fazer a consulta inserindo o nome completo do aluno, a data de nascimento e a filiação cadastrada”, informou o governo do estado. 

Se o nome do candidato não aparecer na primeira chamada, basta aguardar o próximo encaminhamento, em 23 de janeiro, com a lista dos estudantes que não tiverem sido alocados hoje, dia 10. A Secretaria garante que todos que fizeram a pré-matrícula terão a vaga garantida na rede estadual para o ano letivo, que começa em 10 de fevereiro

Caso a pessoa queira recuperar o número de inscrição no site, é preciso clicar em “esqueceu o seu número de inscrição”. Neste campo, deve ser inserido o nome completo do aluno, data de nascimento e o documento cadastrado. Em seguida, a tela vai mostrar opções de nomes, ou de um dos pais do estudante. Ao selecionar a opção, será gerado novamente o número de inscrição do aluno. 

No caso dos alunos que fizeram o cadastramento escolar, a mateira de verificar é preenchendo os campos com nome completo, data de nascimento e a filiação cadastrada. A pré-matrícula terminou nessa segunda-feira, dia 6, e os alunos que forem encaminhados na primeira chamada devem fazer a matrícula presencialmente nas escolas entre 13 e 20 de janeiro. Vale lembrar que em caso de menores de idade, o procedimento precisa ser feito por um dos pais ou responsável legal. 

Na avaliação do estado, “o processo informatizado garantiu que todos os alunos fossem submetidos às mesmas regras, eliminando situações como as observadas anteriormente em que pais precisavam peregrinar na porta das unidades de ensino para conseguir uma vaga na rede”. 

Veja a lista de documentos necessários para a matrícula


- Certidão de nascimento ou casamento, carteira de identidade ou documento do aluno que a substitua, original e cópia

- CPF do aluno, original e cópia, sendo obrigatória a apresentação se o aluno for maior de idade e facultativa quando menor de 18 anos

- Comprovante de residência, original e cópia, no nome de um dos pais ou responsáveis ou do aluno. São considerados comprovantes válidos as contas de água, luz, telefone

- Histórico escolar ou declaração de transferência, constando a série para a qual o aluno está habilitado, ficando o original na escola

- Para o aluno menor de idade é necessária, ainda, a apresentação de documento de identidade e do CPF, originais e cópias, de um dos pais/responsáveis. Caso o estudante seja declarado portador de deficiência, transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades/superdotação, é necessária a apresentação de laudo médico, original e cópia


Publicidade