Publicidade

Estado de Minas ENEM 2019

Prova do Enem deste domingo exigirá domínio sobre o tempo e os números

Gerenciar a resolução das questões, apostando nas fáceis e médias, pode ser decisivo no teste de matemática. Habilidade para analisar gráficos também, apostam professores


postado em 09/11/2019 04:00 / atualizado em 10/11/2019 09:19

Candidato corre para entrar no local de prova em cima da hora de o portão ser fechado: amanhã, fechamento é às 13h e o fim dos testes às 18h30(foto: Leandro Couri/EM/D.A Press)
Candidato corre para entrar no local de prova em cima da hora de o portão ser fechado: amanhã, fechamento é às 13h e o fim dos testes às 18h30 (foto: Leandro Couri/EM/D.A Press)


Na véspera do segundo e último dia do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019, o que todos os candidatos querem saber é: quais conteúdos vão cair na prova. Neste último teste para carimbar o passaporte para o ensino superior, os estudantes vão ter de responder 90 questões de Matemática e suas Tecnologias e de Ciências da Natureza e suas Tecnologias, que contemplam química, física e biologia. É o dia das fórmulas, números e muitas contas. Para esclarecer aquelas dúvidas que ainda restam, o Estado de Minas e Portal Uai receberam ontem no estúdio do jornal os professores de matemática do curso preparatório Chromos para um bate-papo.

O que vai cair na disciplina responsável pela metade das questões da prova não deve trazer muitas surpresas de temas em relação aos anos anteriores, segundo os professores de matemática Marlon Silva, Lucas Calazans e Vinícius Thomaz. Se (o exame) mantiver o mesmo ritmo, vai cair análise combinatória, probabilidade, função, equação, matemática financeira e proporção, enumera o trio. Os assuntos podem até ser os mesmos, mas a abordagem pode ganhar diferentes focos. E nesse sentido, o professor Lucas destaca uma cobrança de habilidade típica do Enem: que o aluno saiba analisar tabelas e gráficos. “É preciso saber fazer esse tipo de interpretação e organização de dados, além, é claro, de exigir uma leitura efetiva do enunciado e pegar o que realmente serve para o problema”, comenta.

Para o sucesso na prova de matemática, a única fórmula que pode ser aplicada, segundo os educadores, é saber o conteúdo. No entanto, algumas estratégias de gerenciamento das questões consideradas de baixo, médio e alto grau de dificuldade podem garantir os pontos necessários. “O aluno deve se concentrar nas questões fáceis e médias, elas que vão garantir sua nota. As difíceis vêm só pra balancear mesmo”, aconselha Marlon.  No mais, o que não pode faltar é calma e muita atenção. “A primeira coisa que estudante precisa fazer é pegar sua prova, folhear as páginas e descobrir quais conteúdos estão sendo cobrados. Aí é hora de montar uma estratégia de resolução, começando por aqueles assuntos que ele gosta mais”, indica o professor Lucas.

Outra dica importante dos professores é em relação ao tempo. Nesse quesito eles são categóricos: são três minutos por questão. “É claro, que vão ter algumas você vai responder em menos tempo, o que vai te garantir  fôlego nas mais difíceis. Mas a baliza é esta”, afirma Vinícius. Agora se sua dúvida é por qual disciplina começar, a dica também é priorizar o conteúdo de maior peso do dia, no caso, a própria matemática. “Deixar para resolver as questões de matemática por último não é uma opção porque sabemos que são as que valem mais pontos. Se faltar tempo, o aluno pode ser prejudicado pela correria”, alerta Marlon.

REGRAS O Enem começou a ser aplicado no último domingo, quando 3,9 milhões de participantes fizeram as provas de linguagens, ciências humanas e redação. Aqueles que faltaram no primeiro dia, podem fazer o exame neste domingo, mas a prova servirá apenas para autoavaliação.

As regras do exame são as mesmas do último domingo. Os portões serão abertos 12h e fechados às 13h, no horário de Brasília. As provas começam a ser aplicadas às 13h30 e vão até as 18h30. Os participantes terão meia a hora a menos que no domingo passado, quando fizeram as provas de redação, linguagens e ciências humanas. Dadas as diferenças de fuso-horário no Brasil, candidatos que farão a prova em sete estados vão responder as questões até duas horas antes do horário da capital do país.

O acesso à sala de provas só será permitido com a apresentação de documento oficial de identificação com foto, conforme previsto em edital. O Instituto Nacional de Pesquisas e Estudo Educacionais Anísio Teixeira (Inep) recomenda que o participante leve também o Cartão de Confirmação da Inscrição impresso, que pode ser buscado na Página do Participante e no aplicativo do Enem.

As questões da prova só podem ser respondidas com caneta esferográfica de tinta preta, fabricada em material transparente. No último domingo, relógios de alguns aparelhos eletrônicos adiantaram automaticamente uma hora. O problema havia sido previsto pelo Google.

De olho no relógio

Confira os horários do Enem

» 12h – Abertura dos portões
» 13h – Fechamento dos portões
» 13h às 13h30 – Procedimentos de segurança na sala de prova
» 13h30 – Início das provas
» 18h30 – Término das provas

Provas da etapa
» Ciências da Natureza e suas Tecnologias
» Matemática e suas Tecnologias


Não perca, neste domingo, o gabarito extra-oficial das provas do Enem 2018, parceria Chromos/Portal Uai


Publicidade