Publicidade

Estado de Minas Especial Educação

Escolhas conscientes


27/10/2019 04:00 - atualizado 28/08/2020 18:07


 
A Fundação Torino desenvolve com os alunos dos primeiros anos da Scuola Elementare, ensino fundamental 1, um projeto dedicado à alimentação saudável. De acordo com a coordenadora da Scuola Elementare, Patrícia Nigi, essa abordagem com os alunos entre 6 e 7 anos se justifica porque nessa faixa etária eles começam a adquirir certa maturidade e a se reconhecer como indivíduos de maior autonomia, responsáveis por suas escolhas. “Isso se reflete muitas vezes na maneira como se comportam e na expressão de seus desejos, principalmente no que se refere à alimentação, já que começam a se abrir para o novo e externar o que gostam e o que não gostam.”
 
O programa começa em agosto, no início do ano letivo, e ganha fôlego em outubro, quando as atividades entram no cronograma pedagógico de diversas disciplinas. Às segundas-feiras, os alunos da Scuola Elementare almoçam no restaurante da escola, onde recebem orientação e ajuda das monitoras, com a autonomia de escolherem o que querem comer.
 

Isso se reflete muitas vezes na maneira como se comportam e na expressão de seus desejos, principalmente no que se refere à alimentação, já que começam a se abrir para o novo e externar o que gostam e o que não gostam

Patrícia Nigi, coordenadora da Scuola Elementare da Fundação Torino

 
Também contempla em sala de aula o conhecimento da história dos alimentos e das culturas alimentares com brincadeiras e experiências que se valem dos sentidos do paladar, olfato, tato e visão, além da pirâmide alimentar. São desenvolvidas também outras atividades lúdicas: caça aos alimentos saudáveis, identificação de um alimento às cegas e rodada quinzenal de brincadeiras educativas, como jogo da memória, dominó, jogo dos sete erros e jogos de tabuleiro.
 
No semestre seguinte, os alunos vão receber o "Bingo dos Alimentos”, uma cartela personalizada em que devem marcar semanalmente suas escolhas do cardápio. “O objetivo é levá-los a experimentarem novos sabores e a melhorarem a alimentação. Com a cartela preenchida, eles podem ganhar uma estrela e, se somarem quatro estrelas no final do mês, poderão trocar a cartela por um brinde educativo.”


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade