Publicidade

Estado de Minas

Do alfajor às escondidas até o maior clube de Poker online do mundo, conheça um pouco sobre a trajetória árdua de João André


08/08/2020 21:49

João Andre/Divulgação
João Andre/Divulgação

De origem humilde, desde o início João sempre soube que teria de batalhar em dobro para conquistar seu espaço. Cansado de ter outras pessoas intercedendo por ele, logo aos 14 anos João começou seu primeiro negócio, produzindo e vendendo alfajor em seu colégio. O único problema é que isso era ilegal no colégio. Este foi o primeiro baque da vida para João, rendendo-o algumas advertências e até mesmo uma suspensão no caminho, porém nada que o fizesse desanimar em sua jornada.

Correndo atrás de seu sonho de se tornar militar, João caiu de cara nos estudos, ficando em segundo lugar na turma de infantaria em nota, mas caindo para sexto lugar no conceito de condicionamento físico. Para o azar de João, apenas os três primeiros foram selecionados, sendo este o segundo baque da vida sobre João.

Entretanto, logo após surgiu a oportunidade para trabalhar com um amigo que estava iniciando um clube de Poker em BH. João começou como segurança, mas logo sendo promovido a caixa e consequentemente virando sócio. Almejando mais do que o faturamento diário de R$ 3 mil, isso fez com que João e seus sócios rumassem ao Sul, onde o mercado ainda estava em expansão.

Tudo a mil maravilhas, até a vida dar o terceiro baque sobre João. Acusados injustamente, a sociedade foi literalmente roubada, fazendo-os cair ao fundo do poço. Este foi o momento decisivo para João, onde ele poderia se lamuriar sobre o ocorrido, ou fazer algo sobre. E como todas as outras vezes, foi com a cabeça erguida e com muito trabalho que rendeu a João o título de maior clube de Poker online do mundo!

Com apenas 21 anos e diversos projetos no portfólio, João sabe que nada cai do céu, e que saber se reerguer de cabeça erguida dos baques da vida é o verdadeiro segredo para o sucesso.

Atualmente, dono do maior clube de Poker online do mundo, João prova que conseguiu dar a volta por cima. No ano de 2019, por exemplo, chegou a faturar 8 dígitos. 

Agora, através das Redes Sociais, João segue com seus negócios e gosta de ensinar jovens empreendedores o caminho para o sucesso: "Pra ser bem-sucedido você não deve se apegar aos resultados, mas sim ao processo. Quando você se apaixona pelo processo, até os erros se tornam importantes. A parte mais interessante não é chegar lá e sim como chegar. Nesse jogo da vida, eu tô de hack!", finaliza.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade