Publicidade

Estado de Minas

Conheça a brasileira que se tornou referência na Europa com fotografia que mistura Fashion e Fine Art


postado em 08/11/2019 00:07

Reprodução / Roberta Montagnini
Reprodução / Roberta Montagnini

Roberta Montagnini se tornou uma das principais fotógrafas de Fine Art da Europa, que é um novo conceito de fotografias com o olhar artístico que agregam beleza e significado

A fotografia Fine Art renasce em pleno século 21, ressignificada, e tem sido considerada uma grande tendência entre os fotógrafos do mundo todo. O movimento que começou na França, na Inglaterra e nos Estados Unidos através do pictorialismo no século 19, busca uma forma de criar complexas misturas de imaginação e realidade e proporcionar resultados que contemplam a visão artística do fotógrafo também com o uso de recursos tecnológicos de edição.

Entre os mais renomados fotógrafos de Fine Art europeia está a brasileira Roberta Montagnini, que se tornou uma das referências no segmento. Radicada na Alemanha, reconhecida por seu trabalho em prêmios como o RISE International, WPPI (Wedding & Portrait Photographers International) e SWPP (Society of Wedding and Portrait Photographers).

Reprodução / Roberta Montagnini
Reprodução / Roberta Montagnini

Fine Art

Devido a repercussão de seus trabalhos, Roberta já viajou a vários países como EUA, Inglaterra, Espanha e conquistou clientes por todas as partes do mundo. Seu estilo de fotografia oferece aos clientes a experiência de se parecerem com as celebridades de revistas e se sentirem mais bonitas: "Acredito que a arte é uma forma de empoderamento. A fine art é uma fotografia criada de acordo com a visão do fotógrafo, que é um artista, usando a fotografia como um meio para dar vida, trazer ao mundo real a sua visão. Assim, deixar as pessoas fotogênicas e bonitas é a minha especialidade, extraindo sempre a melhor versão de cada um. Costumo dizer aos clientes que vou tirar a foto mais bonita que já tiveram".

Método de trabalho e estilo

Apesar de também ter clientes homens, Roberta tem como foco o público feminino, mulheres que variam entre 5 a 80 anos de idade ou mais: "quero que se sintam belas e que existam em fotografias. A fotografia é um meio de criar o nosso próprio legado e de sermos lembrados por quem nos ama. Uma foto bem elaborada e impressa em papel de qualidade vai viver por muita gerações. Apesar do mundo digital, as pessoas ainda vão atrás das fotografias impressas, pois ninguém celebra um CD ou um Pen Drive". 

Roberta conta que o seu estilo de fotografia mescla o Fashion com a Fine Art e revela suas influências artísticas: "devido a ter formação e especializações em ambas as áreas minhas fotos são o Fine Art com um toque do Fashion. Minha arte é influenciada por artistas renascentistas como Sandro Botticelli, Leonardo da Vinci e também do Século de Ouro como Rembrandt, Caravaggio e Johannes Vermeer. Já no mundo moderno tenho como referências Sue Bryce, Lola Melani, Bella Kotak, Lara Jade, Peter Lindberg, Dayron Vera e Gemmy Woud-Binnendijk", revela. 

Reprodução / Roberta Montagnini
Reprodução / Roberta Montagnini

Trajetória 

Roberta é formada pela Cambridge School of Art Anglia Ruskin University, na Inglaterra. Em 2017 ingressou na escola de fotografia Sue Bryce Education e passou a contar com a mentoria da renomada fotógrafa Sue Bryce e se tornou fotógrafa associada em uma das mais respeitadas instituições de fotografia do mundo, a The Portrait Masters. 

Em 2019, Roberta foi vencedora do prêmio internacional de fotografia na categoria de Teen & Senior (Jovens e Adolescentes) e já acumula 9 menções Prata e 34 Bronze em premiações da instituição, tendo outras 5 fotografias no top 20: "Eu alcancei o nível de Fotógrafa Associada devido aos meus trabalhos premiados, que estão disponíveis no diretório do site juntamente a outros fotógrafos renomados".


Publicidade