UAI
Publicidade

Estado de Minas RODOVIAS

Empresa paulista ganha concessão de rodovia que liga Rio a Valadares

Concessionária foi a única que apresentou proposta no leilão na Bolsa de Valores B3, em São Paulo. Investimento ficará na casa dos R$ 11 bilhões em 30 anos


20/05/2022 15:40 - atualizado 20/05/2022 16:07

Trecho da BR-116 em MG
Trecho entre Rio e Valadares receberá investimentos nos próximos 30 anos (foto: Paulo Filgueiras/EM/D.A Press)

Única interessada no leilão realizado na Bolsa de Valores B3, a concessionária paulista Ecorodovias ganhou nesta sexta-feira (20/5) a concessão para administrar o sistema rodoviário das BR-116/493/465, que liga o Rio de Janeiro a Governador Valadares, nos próximos 30 anos. O investimento previsto é de R$ 11,5 bilhões durante o tempo de vínculo, dos quais R$ 5,5 bilhões serão em Minas. 
 
O projeto conta com uma série de intervenções, com 303,2 quilômetros de duplicações e 255,2 quilômetros de faixas adicionais, além de 7,7 quilômetros de ampliação da capacidade na Serra de Teresópolis (RJ), com o objetivo de promover mais segurança, fluidez e um menor impacto ambiental na região.

Considerada uma região estratégica pela extensão de 726,9 quilômetros e pelo volume de tráfego, a Rio-Valadares atravessa 37 municípios - 22 em Minas Gerais e 15 no Rio de Janeiro. Trata-se da única rota, a partir da capital fluminense, disponível para contornar a Baía de Guanabara, permitindo o acesso à região dos Lagos, ao norte do estado, e às regiões Norte e Nordeste do país. 

“Estruturar uma proposta para um projeto desse porte demanda um trabalho longo e envolve profissionais de várias áreas. Foram incontáveis horas de estudos e reuniões. Procuramos entregar a melhor proposta possível aliada aos objetivos estratégicos da companhia. Nosso objetivo é transformar a rota entre Rio e Governador Valadares numa via mais segura, fluida e moderna, altura de sua relevância na logística para o país”, afirma o diretor-financeiro da Ecorodovias, Marcelo Gidotti.

O ministro da Infraestrutura, Marcelo Sampaio, valorizou o acordo assinado com o governo federal: "Essa parceira entre o governo federal e as concessionárias é fundamental e quem ganha é a sociedade e quem trafega nessas rodovias. Minas tem a maior malha rodoviária do país e certamente terá investimentos substanciais a partir de agora".

Menor percentual de leilão

A empresa apresentou um percentual de 3,11% na proposta de desconto sobre a tarifa básica de pedágio para ganhar a concessão da Rio-Valadares. Na modelagem, está previsto que as tarifas de pedágio sejam reduzidas de forma progressiva e a adoção do sistema free flow de cobrança por livre passagem na Região Metropolitana do Rio de Janeiro a partir do sexto ano de vigência. 

Em Minas, a Ecorodovias já é responsável pela BR-050 (no trecho entre a fronteira com Goiás e Delta), pela BR-135 (a partir da BR-040, nas proximidades de Curvelo até Montes Claros) e a BR-365 (entre Ituiutaba e Uberlândia). No Rio, a concessionária conquistou a concessão da Ponte Rio-Neterói.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade